Logo no comecinho de 2016, fiz um artigo sobre as resoluções que esperava/planejava para aquele ano. A maioria dos meus propósitos estavam relacionados com o fato de estar morando em Abu Dhabi; logo, achei que valeria a pena compartilhar com vocês o “balanço” do ano que acabou.

Eram 15 resoluções – vocês conseguem imaginar quantas eu cumpri? Tenso, né? Vamos lá!

1º Conhecer todos os pontos turísticos de Abu Dhabi

FAIL – O que pegou foi o “todos”. Não conheci todos os pontos turísticos, mas eliminei boa parte da lista! Em compensação, em alguns pontos turísticos, como o Grand Mosque, voltei várias vezes (post aqui), também conheci outras praias novas (veja aqui e aqui), voltei ao Ferrari World, fui à F1… Não cumpri com o “todos”, mas saí da estaca zero de 2015.

No dia da Formula 1, com a nossa visita, em Abu Dhabi. Foto: arquivo pessoal

2º Arrumar uma forma de praticar mais o inglês

SUCCEED – Talvez não tanto quanto gostaria, mas sim, acho que consegui melhorar o inglês em 2016. Assisti e me inscrevi em vários canais do Youtube que ajudam a praticar a língua e aproveitei as oportunidades que tive para praticar o idioma. Algumas dicas de canais: Tim Explica, Carina Fragozo, James ESL, Ronnie.

3º Aprender algo de árabe

SUCCEED – O que parecia menos provável da lista acabou acontecendo: me inscrevi no árabe e, em 2016, cursei 2 níveis da língua. Já estou matriculada para o próximo nível, agora em março de 2017. Já consigo me comunicar no idioma? Claro que não, mas já compreendo algumas palavras e frases e talvez consiga manter um diálogo rápido. Escrevi sobre o assunto para o Brasileiras pelo Mundo, vocês podem ver aqui.

4º Visitar os outros Emirados

FAIL – Fail total nesse aqui. Voltei a Dubai algumas – poucas – vezes, mas não conheci os outros Emirados. Quem sabe em 2017? Não faço mais planos tão ousados.

5º Conhecer melhor a cultura árabe

SUCCEED – Talvez não exatamente do jeito que esperava, mas aprendi um pouco mais sobre a cultura local. Acho que nunca disse isso aqui, mas é difícil aprender mais sobre o povo emiradense, pois eles não interagem muito com os expatriados (pelo menos não comigo, posso dizer). Entretanto, quando fiz o 1º nível de árabe, o meu professor era um local e acabou nos contando alguns fatos da cultura daqui. Achei muito interessante e, sinceramente, lamento não poder ouvir e aprender mais. Algum emiradense querendo ser meu amigo aí? 🙂

No restaurante Al-Fanar, que serve comida típica emiradense, dentro do Yas Mall. Foto: arquivo pessoal

6º Conhecer restaurantes e sabores diferentes

SUCCEED – Foi, de fato, puro sucesso 2016 nesse aspecto! Conhecemos muitos lugares bacanas, não só aqui em Abu Dhabi, como também nas nossas viagens. Aqui temos uma infinidade de opções culinárias – a preços nada amigos, convenhamos, mas muito interessantes se você deseja experimentar novos sabores. Em breve, farei alguns posts indicando alguns desses lugares. Enquanto isso, fiquem com o post onde relatei 2 experiências novas que tive aqui.

7º Comprar menos, viajar mais

SUCCEED – Se tem algo do qual eu não me atrevo a reclamar de 2016 é em relação à quantidade de viagens que fizemos. Fiz um post para uma blogagem coletiva listando os lugares que fomos e, vocês devem ter percebido, o blog agora tem 2 linhas principais: a vida de expatriada em Abu Dhabi e os relatos das viagens que fazemos. Quanto a comprar menos, sim, continuo com os meus gostos simples e baratos, que me possibilitam economizar para viajar mais, claro. Recomendo, viu?

8º Não abandonar o exercício físico e fazer aulas de dança do ventre

FAIL – Vergonha! 1 ano e meio em Abu Dhabi e até agora não fiz nenhuma aula de dança do ventre. Quero muito mudar isso em 2017, sério! Alguma amiga para me arrastar, por gentileza? Sobre os outros exercícios físicos, frequentei aulas de ioga e passei a frequentar com mais assiduidade a academia do prédio. Tanto quanto deveria? Não, mas também não posso dizer que 2016 foi um ano 100% sedentário – pelo menos.

A prova de que nem tudo está perdido: eu e marido – feliz – na academia ano passado. Foto: arquivo pessoal

9º Continuar frequentando assiduamente o Grupo de Estudos Espíritas

SUCCEED – Sim, e pretendo manter essa resolução para 2017, 2018, 2019…

10º Busca e efetivação de trabalho voluntário

FAIL – Fail, mas não 100%. Participei como voluntária de um evento esportivo para crianças com deficiências mentais, foi muito especial! Porém, a pessoa que organizou o voluntariado não faz mais esse tipo de ação aqui em Abu Dhabi. Para 2017, encontrei uma pessoa aqui na cidade que organiza esse tipo de ação; logo, talvez seja mais fácil me engajar de fato. Muitos não sabem, mas essa é uma questão delicada aqui no país e todo trabalho voluntário deve ser regularizado pelo Governo, sob pena de multa e detenção. Ainda farei um artigo sobre isso, aguardem. Ah, caso algum saiba de algum projeto bacana por aqui, deixem nos comentários, pois eu e outros leitores poderemos nos beneficiar dessa informação.

11º Resistir à tentação de ter outro cachorro

SUCCEED – Confesso que houve dias em que lutei muito com isso, mas superei. Não penso mais em ter nenhum tipo de bicho aqui em Abu Dhabi, pois seria muito sofrimento para o pobre animal (e pra gente) ter que lidar com as nossas viagens.

12º Continuar me encontrando com as meninas de Abu Dhabi

SUCCEED – A nossa amizade é fundamental para dar cor, alegria e entusiasmo aos nossos dias em Abu Dhabi. Sou extremamente grata à vida e a Deus por ter colocado pessoas tão maravilhosas no meu caminho aqui neste país. Sinceramente, não sei o que seria de nós se não fosse pelas amizades que conquistamos aqui. Não só continuamos nos encontrando, mas também fortalecemos nossos laços de amizade e companheirismo, nos bons e maus momentos. Muito obrigada, minhas queridas!

 13º Fazer algo que eu nunca fiz e que tenha aqui

SUCCEED – Rá! Acharam que esse eu não faria, né? Pois se enganaram! Em 2016 eu fiz VÁRIAS coisas que nunca tinha feito (no sentido de atividades, vale observar) e uma delas, aqui em Abu Dhabi, vale muito a pena e é bem bacana: andar de jet ski na Corniche, a orla principal da cidade. Tá faltando um post para contar direitinho como foi essa experiência, mas já deixo aqui uma foto para ilustrar:

Jet ski em Abu Dhabi. Foto: arquivo pessoal

14º Cultivar as amizades distantes

SUCCEED – Morando fora, você precisa entender que nem todo mundo vai querer ter o “custo” e o “trabalho” de manter uma amizade com você. Aceite isso. Compreenda isso. O ano de 2016 veio para “arrematar” esse pensamento que eu já tinha e que, agora, não lamento mais. Pessoas vão e vêm, independente do tempo de amizade ou da quantidade de afinidades que possuem. Porém, são muitas as que ficam e essas valem muito a pena de terem um tempo investido nelas. Sim, amizade exige investimento, ainda mais quando há distância física. Mais uma vez, sou muito grata pelos meus amigos que moram no Brasil – e em outros lugares – e por toda a tecnologia que nos permite manter a nossa amizade e facilita o nosso contato. Um imenso obrigada a todos vocês, que embora a distância que nos separa, ainda trabalham para mantermos os nossos laços fraternais sempre unidos.

15º Continuar escrevendo!

SUCCEED – Yes, here I am! Estou aqui – com alguns atrasos, eu bem sei – mas em 2016 mantivemos o nosso propósito de continuar escrevendo, aqui no Diário e também no Brasileiras pelo Mundo. Essa mesma resolução se repete para 2017 😀

***

Obrigada, 2016! E seja bem-vindo, 2017! Que você traga muitas alegrias, paz e amor aos corações do mundo inteiro. Que seja um ano em que possamos aprender a compreender melhor o próximo e aproveitar o que a vida nos oferece, sem focar no que não temos, mas sendo gratos pelo que já conquistamos.

confira os posts relacionados

Comente via Facebook

Comente com o WordPress

  • Renata Suzart janeiro 10, 2017

    Que legal fazer essa avaliação! Eu escrevi a cartinha no dia 31/12/2015 agradecendo por tudo o que vivi e gostaria de viver no ano, mas acredita que ainda nem a abri? A tradição manda abrir a cartinha no dia 31/12 do ano, depois de já ter escrito a do próximo ano… ai ai, estou muito enroladinha, mas cheia de planos pra 2017! Será que consigo cumprir metade deles? 🙂 Adoro compartilhar a vida Abudabense com você – ter a sua amizade é uma delícia e, tenho certeza, viveremos muitas aventuras e curtições também em 2017!! Um beijo grande!

    • Pollyane
      Pollyane janeiro 10, 2017

      Oi Suzart, que alegria te ver por aqui! Obrigada pela visita e pelo comentário 🙂 Puxa, que pena que não abriu a sua cartinha no dia certo, mas acho super válido olhar agora, no comecinho de janeiro, que tal? Sobre a nossa amizade e nossas aventuras, simmmm, vamos começar a programá-las, né? Inclusive, aquele passeio de barco já há mto programado.. hehe. Beijo grande!

  • Naliane janeiro 10, 2017

    Parabens Pollyane me lembro de vc ainda bebê,hj uma linda mulher que tem um coração de ouro ,magnífico suas experiências pelo mundo amo ver e ler seus posts bjo Naliane

    • Pollyane
      Pollyane janeiro 10, 2017

      Oi Naliane! Tudo bem? Puxa, eu me lembro muito de você e fico feliz que tenha me encontrado aqui. Seja bem-vinda e muitíssimo obrigada pelo comentário! Beijo grande.