08 de novembro de 2016

8 on 8 – Rotina (em Abu Dhabi)

Este artigo faz parte de uma blogagem coletiva com outras 7 blogueiras que postarão hoje, dia 8, 8 fotos de suas rotinas, em suas respectivas cidades.

Os outros blogs participantes são:

Qualquer Latitude por Yasmin Graeml

Quarto de Viagem por  Flávia Donohoe

Gabi na Janela por Gabi Reynolds

Foca no Glitter por Paula Reggiori

Buongiorno Danielle por Danielle Jorge

Desenrola Gabriola por  Polyana Pinheiro

Roteirando por Paula Abud

Para o nosso post, escolhi somente “momentos do cotidiano” do mês de outubro, durante os dias que estava em Abu Dhabi. São cenas comuns – e outras nem tanto – do dia a dia de quem mora na cidade.

____________________

Trabalhadores lavando as paredes do prédio

Se limpar as janelas dos prédios é algo comum, aqui em Abu Dhabi pode-se dizer que lavar as paredes também é. No meu prédio, as paredes são revestidas de pedra e, além de lavarem as janelas, eles também lavam todas as paredes e fachadas das torres.

abu-dhabi-limpar-janelas

Foto: arquivo pessoal

____________________

Pratos lindos e deliciosos

Abu Dhabi possui uma infinidade de restaurantes internacionais. Está com vontade de comer sushi? Tem! E churrasco? Tem também. Fast food? Claro! Aqui é um ótimo lugar para provar coisas diferentes, conhecer novas cozinhas e, quem sabe, se apaixonar por algo novo. Nesse dia, saí com as minhas amigas para conhecer um restaurante francês que aceitava o nosso cupom de desconto. A foto é do meu prato: filé de salmão com lentilhas, alcachofra, tomate seco e rúcula. Estava delicioso! Se fosse em casa, jamais pensaria em combinar esses ingredientes, por isso, vale a pena sair da nossa zona de conforto culinária indo a restaurantes novos e pedindo pratos diferentes.

comida-francesa-abu-dhabi

Foto: arquivo pessoal

____________________

Caixa de doces de tâmaras

Faz parte da minha rotina aqui em Abu Dhabi dar aulas particulares de Português. Um dos meus alunos, o jordaniano Saif, me presenteou com essa caixa de doces de tâmaras diretamente de sua terra natal. Os doces são bem saborosos, apesar de diferentes dos doces brasileiros. Segundo ele, não engorda, e que eu posso comer tudo sozinha – o que estou fazendo, veremos…

tamaras-jordania

Foto: arquivo pessoal

____________________

Aniversário do Supermercado Lulu no shopping Madinat Zayed

O Shopping Madinat Zayed, no centro de Abu Dhabi, é um shopping popular, com muitas lojas de roupas, calçados e perfumes típicos. As pessoas que passam por ali são, em sua maioria, trabalhadores indianos, paquistaneses etc. Dentro do shopping há um mercado da rede Lulu, que também possui preços mais populares. Há alguns dias, estava passeando nesse shopping quando vi essa cena: um bolo gigantesco sendo montado em frente ao mercado, em comemoração aos 5 anos de sua existência no local. Fiquei por ali a tempo de ver a multidão se formando e o grande momento de cortar o bolo, que durou apenas alguns minutos. Se estava bom? Não provei, mas a cara das pessoas dizia que sim 😀

lulu-supermercado-abu-dhabi

Foto: arquivo pessoal

____________________

Aprendendo árabe

Mês de outubro foi de muito árabe. Estou terminando o nível 2 do curso da língua e precisei me dedicar um pouco. É fácil? Não, mas é possível. Fico muito feliz quando consigo entender alguma palavrinha na rádio e já consigo ler no alfabeto árabe 😀 Se tudo der certo, ano que vem continuarei os meus estudos da língua. إن شاء الله

aprender-arabe

Foto: arquivo pessoal

____________________

Trabalhadores dormindo na sombra

Eu estava voltando para casa quando vi essa cena: trabalhadores dormindo no chão, no meio da calçada, aproveitado uma sombra da passarela de pedestres. Apesar de curiosa, a cena é bem comum por aqui. Geralmente, esses trabalhadores levam as refeições de casa e, depois, fazem a sesta em qualquer sombra que encontrarem. Como a segurança daqui é muito grande, eles não têm nada a temer e podem tirar a soneca tranquilos.

trabalhadores-abu-dhabi

Foto: arquivo pessoal

____________________

Vista do Grand Mosque a partir do Souk Al Beri

Um dos meus lugares favoritos para almoçar com uma bela vista em Abu Dhabi: Souk Qaryat al Beri. Lá não é o único local onde podemos fazer uma refeição ao ar livre, mas poucos lugares oferecem uma vista tão privilegiada do Grand Mosque. Recomendo especialmente o pôr do sol e o restaurante libanês do Souk 😉

souk-mesquita-abu-dhabi

Foto: arquivo pessoal

____________________

Marido dormindo na recepção do hospital

Na foto, vários elementos: mulheres com as vestimentas muçulmanas (uma com o véu cobrindo o rosto inteiro, outra com o niqab, que deixa apenas os olhos de fora). Percebe-se que elas estão em uma área diferente da nossa. Isso porque nos hospitais há áreas de espera para mulheres desacompanhadas, homens sozinhos e famílias, todas separadas. Na mesinha de centro em frente a elas, um bule com café árabe e uma bandeja com tâmaras (não dá para ver direito nessa foto, mas depois falarei a respeito). O marido dormiu porque aqui a espera é grande para nós, expatriados, em hospitais públicos, já que os árabes locais têm preferência no atendimento.

hospital-abu-dhabi-soneca

Foto: arquivo pessoal

 

confira os posts relacionados

Comente via Facebook

Comente com o WordPress

  • […] temática”. E, assim como no nosso primeiro 8 em 8, em novembro, quis colocar fotos de “Rotina em Abu Dhabi“, dessa vez farei “Do alto, em Abu Dhabi”. Todas as fotos foram tiradas por mim […]

  • […] Yasmin Graelm – Qualquer Latitude  ◊ Pollyane Martins – Diário de Polly ◊ […]

  • Paula Oliveira Abud novembro 16, 2016

    Adorei, Polly! Muito interessante conhecer uma rotina que não fazemos ideia de como é, e deve ser incrível aprender os costumes e conhecer uma cultura tão diferente como a árabe. Meu marido é descendente de libanês direto, o bisavô é libânes, e temos muito interesse em conhecer melhor a cultura da família.
    Beijos.

    • Oi Paula, obrigada pela visita e pelo comentário! Bem vi que esse sobrenome é “comum” aos meus olhos! hahaha. Acho a cultura árabe interessantíssima! Beijo!

  • yasgraeml novembro 13, 2016

    Meu sonho é conhecer Abu-Dhabi! Adorei saber mais sobre a rotina da cidade! Aprender Arabe deve ser bem complicado!!! Boa Sorte! Beijos

  • Oi Polyana, obrigada pela visita e pelo comentário! Fico feliz por conseguir mostrar a vocês um pouquinho do mundo em que vivo HEHE. Sim, no começo há um forte choque cultural, mas depois nos acostumamos com a maioria das coisas. Hoje, muitas coisas não me impressionam mais.. Sobre o árabe, sim, é difícil mesmo, mas depois que aprendemos as “letrinhas” fica mais tranquilo, já que podemos ler praticamente qualquer coisa 🙂 Também acho fantástico essa coisa de “criar idiomas”, concordo com vc! E sim, há pessoas que se interessam em aprender português 😀 Beijo grande e volte sempe!

  • Polyana Pinheiro novembro 11, 2016

    Confesso que quando entrei no teu blog e vi que morava nos Emirados Árabes achei, ao mesmo tempo, legal e estranho. Deve ser muito acrescentador conhecer novas culturas e pontos de vista, ao mesmo tempo que o choque cultural, no começo, deve ser enorme e assustador.

    Árabe realmente parece difícil! Olhando o que escreveu, parece uma mistura da mesma coisa. Acho idiomas tão mágicos! As pessoas acrescentaram um significado e sonoridade à símbolos/letras/palavras e isso virou um meio de comunicação. Deve ser legal criar um idioma (e trabalhoso). Quando você disse que dá aulas de português fiquei meio chocada. A gente desvaloriza tanto o Brasil e eleva os outros países que é difícil acreditar que alguém quer aprender nossa língua.

    Bem legais suas fotos. Ansiosa para o próximo tema!

  • focanoglitter novembro 10, 2016

    Adorei as suas fotos! Ainda mais ver um pouco mais dos costumes dai! Boa sorte com seu árabe! Deve ser bem difícil! :S

    Um beijo,
    Foca no Glitter

  • Gabi novembro 9, 2016

    Uau! Tudo muito interessante. É uma cultura que eu pouco conheço, então não tem como não ficar impressionada com as imagens. Agora babando eu fiquei na comida e na vista maravilhosa da Mosque. Que lugar lindo!

    • Oi Gabi! Que bom que gostou da minha rotina aqui em Abu Dhabi. Engraçado é que essas cenas são tão comuns hoje que já preciso fazer esforço para perceber a “estranheza” que pode causar nas pessoas. Que bom que deu certo, então. Beijo grande!

  • que interessante Polly, adorei suas fotos, realmente elas mostram o cotidiano da cidade.

  • […] Yasmin Graelm – Qualquer Latitude  ◊ Pollyane Martins – Diário de Polly ◊ […]