O tema do 8 on 8 deste mês é “Cidades Pequenas”. Um tema fácil e qualquer pessoa saberia reunir uns 8 fatos sobre uma cidade pequena que já tenha visitado, não é verdade? Eu escolhi falar de Haarlem, na Holanda, uma cidade não exatamente pequeeenaaa, mas quando comparada à Amsterdam, distante apenas 20 km, é, sim, bem menor. E também de Alkmaar, uma cidade ainda menor que conhecemos em um bate-volta de Haarlem. Se você quer viajar pela Holanda, não deixe de ver o nosso roteiro de 10 dias por lá.

Vejam também os outros blogs participantes e o que elas escolheram para este tema:

Espiando pelo Mundo, por Analuiza 

Fui Ser Viajante, por Klécia 

Let’s Fly Away, por Lulu Freitas 

Mulher Casada Viaja, por Marcia 

Quarto de Viagem, por Flávia 

Turistando.in, por Juliana

***

grote markt haarlem holanda

Holandeses “calangando” – tomando sol – na Grote Markt de Haarlem. Foto: arquivo pessoal

Haarlem, em português Harlemo, é uma cidade holandesa bem pertinho de Amsterdã. Tem aproximadamente 160 mil habitantes e possui grande importância econômica, principalmente pelo comércio de tulipas. Quer ver aqueles lindos e enormes campos de tulipas na Holanda? É para lá que você tem que ir! Como já tínhamos visitado o Keukenhof, em Lisse, o próprio parque de tulipas mais bonito e famoso, pulamos essa parte e nos dedicamos a explorar mais a cidade e fazer um bate-volta a Alkmaar.

haarlem holanda

Fofa e simpática cidade de Haarlem, Holanda. Foto: arquivo pessoal

Como expliquei no nosso roteiro, ficamos em Haarlem porque foi necessário mexer no nosso itinerário dias antes da viagem. Cancelaram o nosso Airbnb em Amsterdã e ficaria muito caro pegar outra hospedagem para 5 noites em cima da hora. Por isso, dividimos e ficamos 2 em Haarlem e 3 em Amsterdã. As duas cidades são muito próximas, mas os preços das hospedagens são significativamente diferentes. Se você quer economizar, vale a pena avaliar essa opção também.

haarlem holanda

Haarlem, Holanda. Foto: arquivo pessoal

Chegar a Haarlem é muito fácil: há trens, ônibus, excursões, aluguel de carros… Na Holanda, pelo menos em nossa visita ao país vimos isso, é simples se locomover entre as cidades. Por isso, vale a pena dar uma esticadinha para conhecer mais do país. Nós chegamos a Haarlem no final da tarde, depois de ter passado o dia inteiro no Keukenhof. Foi mais ou menos assim: saímos cedo de Haia, chegamos na estação de Lisse (deixamos as malas no locker de lá enquanto visitávamos o Keukenhof) e depois voltamos à estação e seguimos para Haarlem.

haarlem memorial judeus

Memorial para os judeus que morreram na Segunda Guerra, Harlem. Foto: arquivo pessoal

É importante se hospedar da Grote Markt de Haarlem. De lá, pode-se fazer tudo a pé, ou seja, aproveitar também a cidade. Chegamos no final da tarde e, depois do check-in, fomos dar uma volta pela Grote Markt, que é a praça central, a Igreja de São Bavão, os canais e o comércio da região. No outro dia também visitamos o Molen de Adriaan, um moinho de vento bem charmoso na beira do rio e um memorial aos judeus mortos na Segunda Guerra. Fizemos tudo a pé, de maneira bem tranquila. Em um dos dias também choveu muito e ficamos visitando várias lojas interessantes no centro histórico.

moinho de vento haarlem holanda

Molen de Adriaan, Haarlem. Foto: arquivo pessoal

Não fizemos nem metade das coisas que poderíamos ter feito em Haarlem. Não visitamos os museus, cervejarias, parques e outros lugares de interesse. Se você quer fazer uma visita completa, procure no Trip Advisor as principais atrações e organize-as em sem roteiro. Nosso objetivo na viagem não era “zerar” tudo que tinha para ver, mas principalmente ficar mais tranquilos antes de encarar Amsterdam.

haarlem cidade pequena holanda

Haarlem sossegada. Foto: arquivo pessoal

Como disse, aproveitamos o nosso tempo em Haarlem para fazer um passeio que teria tomado 1 dia nosso em Amsterdam: fomos para Alkmaar. Essa cidade holandesa é ainda menor que Haarlem e é puro charme! Fiz questão de visitá-la pois queria muito conhecer um Mercado de Queijos e o de lá é bastante tradicional. Não é necessário se hospedar lá, já que é muito fácil chegar de transportes públicos partindo de Amsterdam ou Haarlem.

vaca holandesa

Entre Haarlem e Alkmaar, vaquinhas holandesas. Foto: arquivo pessoal

Chegamos bem cedinho, pois a nossa intenção era ver o mercado de queijos e depois passear pelo centro histórico da cidade – que é também onde ocorre o famoso mercado. Para não perder o Mercado de Queijos, aconselho visitar o site oficial antes e conferir os dias e horários que ele funciona. Atualmente, é somente entre março e setembro, às sextas-feiras pela manhã, ou às terças-feiras à noite. Recomendo muito esse passeio como um bate-volta de Amsterdam ou Haarlem, foi um dia super divertido e também delicioso!

mercado de queijos holanda alkmaar

Mercado de Queijos em Alkmaar. Foto: arquivo pessoal

Espero que tenham aproveitado as dicas! Veja outros posts da Holanda aqui.

confira os posts relacionados

Comente via Facebook

Comente com o WordPress

  • Marcia Picorallo março 19, 2018

    Ah, que vontade de voltar à Holanda para conhecê-la melhor, só ficamos em Amsterdã, mesmo, e fizemos como você: nada de ticar atrações de uma lista, gastamos bastante tempo caminhando pelas ruas sem rumo. Gostei da dica de se hospedar em Haarlem e não tinha ideia de como se falava em português. abraços!

    • Pollyane
      Pollyane abril 9, 2018

      E esse não é o melhor jeito de viajar, Marcia, especialmente pela Europa? Espero que possamos, eu e você, voltar outras vezes! Beijo grande e obrigada pela visita!

  • Juliana Moreti fevereiro 21, 2018

    Sabe aquele momento tristeza quando você compra uma passagem com stopover em Amsterdã e decide por ficar apenas 5 dias no paìs? Foi a coisa mais absurda que fizemos!
    Por causa disso, Haarlem ficou de fora, mas o bom é que quando retornamos, iremos incluir Alkmaar (sò por causa do mercado de queijos – hahahahahaha)

  • […] Turistando.in – Juliana e Thiago   ◊ Pollyane Martins – Diário de Polly […]

  • Flávia Donohoe fevereiro 14, 2018

    que lugar encantador, visitei a Holanda, mas não sabia da existência desse lugar, dá vontade voltar logo e conhecer tudo!

    • Pollyane
      Pollyane fevereiro 14, 2018

      Dá vontade mesmo, Flávia, de passar meses explorando aquele pedacinho de terra! Obrigada pela visita e pelo comentário!

  • […] Diário de Polly – 8 on 8 – Cidades pequenas (Haarlem, Holanda) […]

  • Lulu Freitas | Let's Fly Away fevereiro 9, 2018

    Que cidade fofinha! A Holanda é toda muito interessante, mas quanto menor a cidade mais bonitinha ela é. Parece feita de várias casinhas de bonecas. Lindas fotos! Me senti lá com você.

    • Pollyane
      Pollyane fevereiro 14, 2018

      Exatamente, Lulu, parece casa de boneca! Tb prefiro as cidades pequenas… Beijo grande e obrigada pela visita!

  • Analuiza fevereiro 9, 2018

    Oi Polly… que delícia voltar à Holanda com você neste [8 on 8]. Acho este país lindo, como bem mostram as imagens que ilustram este texto. Estive em Haarlem, uma das cidades mais bonitas que eu visitei no país. Que sonho teria sido se eu tivesse dormido por lá, mas fiz bate e volta de AMS. Não fui a Alkmaar, uma pena! queria muito ter visto o mercado de queijos mas na época que fui eles já não aconteciam. Linda viagem esta.

    • Pollyane
      Pollyane fevereiro 14, 2018

      Oi Analuiza, que legal que vc foi a Haarlem! E que pena não ter ido a Alkmaar! Espero que na sua próxima viagem dê certo de vc visitar e, claro, não perder o mercado de queijos! Obrigada pela visita e beijo grande

  • […] de Polly: 8 on 8 – Cidades pequenas (Haarlem, Holanda) Espiando pelo Mundo: [8 on 8] – cidades pequenas: Monastério em imagens Let’s Fly […]