Vou confessar que esse foi o tema mais fácil do 8 on 8 até agora! Souvenir, para quem ama viajar, é tópico corriqueiro. Não somos muito de ganhar souvenires de outras pessoas, mas em compensação sempre trazemos alguma “lembrancinha” dos lugares que visitamos, seja algo aleatório que gostamos ou itens de pequenas coleções que estamos tentando fazer. De ímãs de geladeira a ovos de pedra, tem de tudo um pouco aqui em casa! Vou mostrar a vocês 🙂 Ah, e também não deixem de conferir os outros 7 blogs que participam desse grupo 8 on 8:

Foca no Glitter por Paula Reggiori

Gabi na Janela por Gabi Reynolds

Mulher Casada Viaja por Marcia

Qualquer Latitude por Yasmin Graeml

Quarto de Viagem por  Flávia Donohoe

Roteirando por Paula Abud

Why not por Nicole

***

Ímãs de geladeira

Acho que essa é a coleção mais comum dos viajantes do mundo. É barato, fácil de encontrar e um tanto quanto charmosinho. Minha coleção de ímãs começou com a primeira viagem internacional: Irlanda do Norte, mas, infelizmente, acabei não comprando ímãs de todos os países que fui (desculpa para voltar?). De todo jeito, de todas as nossas coleções de souvenires, essa é a mais completa! E sim, eu coloco tudo na geladeira mesmo, na lateral, e fico na maior felicidade do mundo quando aumento a coleção! <3

souvenir ima de geladeira

Ímãs de geladeira. Foto: arquivo pessoal

***

Espadas e facas

Essa coleção de souvenir é do marido, na verdade. Ele é apaixonado por facas e, sempre que encontra uma bacana na cidade onde estamos, traz pra casa. A dourada com preto e a prateada com dourado são da Jordânia. A espada é de Toledo, Espanha. A faca de cabo e capa de madeira é da Indonésia (compramos em uma loja de antiguidades). Elas estão fechadas, mas por dentro são facas de verdade. Na foto, esqueci de colocar uma faca de cozinha artesanal que compramos em Portugal e a faca própria para sushi que compramos no mercado do peixe em Tóquio, Japão. Além dos canivetes etc.

coleção facas

Facas e espada. Foto: arquivo pessoal

***

Ovos de pedra

Essa coleção começou despretensiosa, pois compramos o primeiro ovo (o marrom) simplesmente porque achamos bonito. Depois, acabamos vendo outros ovos e resolvemos começar outra coleção: ovos de pedra. O critério é que seja pedra natural e tenha formato de ovo. Da direita para a esquerda, temos: olho de tigre (Santander, Espanha), ônix azul (Luxor, Egito), pedra amarela que não sei o nome (Madaba, Jordânia), mármore verde (Da Nang, Vietnã), quartzo rosa (Washington DC, Estados Unidos). As posicionei dessa forma para tirar a foto, mas elas ficam em um outro lugar cheio de outros souvenires de viagem e nem dá para ver o suporte em que se equilibram (que é, na verdade, embalagem de vela já usada).

coleção souvenir ovo de pedra

Ovos de pedra. Foto: arquivo pessoal

***

Porta caneta fofo

Atire a primeira pedra quem nunca comprou um souvenir “inútil” só porque era fofo. Não se preocupe, acontece com todo mundo! No meu caso, foi esse porta caneta de Annapolis (Maryland, Estados Unidos) que tem água, óleo azul e uns caranguejinhos fofos que ficam nadando de um lado para o outro. O crustáceo é o ingrediente principal do prato típico da cidade (crab cake) e aqui, nesse objeto, ficou fofo demais. Adoro ficar brincando de jogá-los de um lado para o outro!

souvenir fofo

Porta caneta de Annapolis, EUA. Foto: arquivo pessoal

***

Vasinhos

Vasinhos é outra coleção oficial que nós temos. Tudo começou com o vasinho prata (3º quadrado, no meio) e depois ficamos empolgados em comprar vasinhos típicos dos lugares que visitamos. Esses, sim, são sempre fabricados no país em que são vendidos. Cada um é de um material diferente e buscamos escolher o design e decoração que melhor representam o país. Depois da coleção de ímãs de geladeira, essa é a mais completa (não tenho fotos de todos). Os que estão abaixo, são, da esquerda para a direita: porcelana preta pintado à mão, Japão; metal dourado, Omã; pedra alabastro, Egito; metal envelhecido, Azerbaijão; pintado à mão, Vietnã; metal prata, Bósnia & Herzegovina; Porcelana pintada à mão de azul, Holanda; Barro com mosaicos, Jordânia. Somos apaixonados por essa coleção e sempre buscamos aumentá-la quando viajamos.

souvenir vasos vasinhos

Vasinhos souvenir. Foto: arquivo pessoal

***

Bugigangas

Às vezes, é bem difícil resistir a pequenas bugigangas em viagens. A Torre Eiffel, por exemplo, foi também da minha primeira viagem internacional e eu não poderia conceber a ideia de voltar para casa sem uma amostra do monumento. Hoje, talvez, não trouxesse mais. Esses pequenos souvenires, com o tempo, a gente passa a não comprar mais, pois percebemos que eles não ficam legais em casa. Os que tenho, porém, não jogo fora e sei a história de cada item que está em nossa casa. Da esquerda para a direita: Torre Eiffel, França; copinhos de barro que ganhamos de um restaurante maravilhoso de Portugal; Coliseu, Roma; porquinho de barro cofrinho de Aranjuez, Espanha; lâmpada da Jordânia (esse marido comprou sozinho); e estátua de madeira de Bali.

souvenir souvenirs

Souvenir. Foto: arquivo pessoal

***

Cacarecos do Egito

Sabe aquela história que eu acabei de contar sobre não comprar mais bugigangas em viagens recentes? Tudo é mentira quando falamos do Egito. Por lá, foi difícil controlar o impulso de sair comprando tudo quanto é bagulho. As peças são muito diferentes, feitas por lá, e não na China, e além de tudo eram muito baratas. É praticamente impossível negociar 1 item com um egípcio sem sair da loja comprando mais uns 3, ou ganhando mais um. Na foto abaixo, apenas uma pequena amostra do que trouxemos na mala de lá. Da esquerda para a direita: vasos canópicos em miniatura, feitos de pedra; gato egípcio em pedra; símbolo da vida em metal; e uma pequena besteira de souvenir que me fez rir igual tonta na loja e comprei: um sarcófago com uma mini-múmia.

souvenir egito

Souvenir Egito. Foto: arquivo pessoal

 ***

Doces típicos

Trazer um doce típico também faz parte dos nossos “rituais” de viagem. Geralmente, quando já estamos no aeroporto esperando o voo da volta, usamos os últimos “dinheiros locais” para comprar doces típicos no duty free. Esse da foto foi da última viagem que fizemos, para o Vietnã. Compramos 2 caixas desse doce e um já foi devorado pelas colegas de trabalho do marido. É como se fosse uma balinha de coco, enrolada em um papel de arroz. Muuuito gostoso! Na Malásia, compramos castanhas com chocolates; em Bali, compramos chocolates orgânicos locais; no Japão, compramos Kit Kats de sabores exóticos; e por aí vai.

souvenir vietnã coco

Bala de coco do Vietnã. Foto: arquivo pessoal

***

E aí, gostaram desse 8 on 8? Eu adorei! Deixem nos comentários quais os souvenires que mais gostaram e também quais vocês gostam de colecionar. Beijo grande e até o próximo dia 8 😉

confira os posts relacionados

Comente via Facebook

Comente com o WordPress

  • […] Yasmin Graelm – Qualquer Latitude  ◊ Pollyane Martins – Diário de Polly […]

  • Paula maio 9, 2017

    Amei as suas coleções! Os ovos são lindos e bem inusitados! O quartzo rosa me conquistou *-*
    E comida é sempre um clássico, ne? Pena que nem tem como guardar AHUHUAHUA

    Um beijo!
    Foca no Glitter

    • Pollyane
      Pollyane maio 10, 2017

      Mas a gente guarda nos melhores lugares, Paula: estômago e memória! Haha. Fico feliz pela visita e pelo comentário. Beijo grande!

  • Gabi maio 8, 2017

    Adorei Polly. Muito originais as coleções de espadas e ovos. Alias, babei nesses ovos de pedras. São lindíssimos e parecem aquelas pedras energizadas. Adorei! Pra mim essa coleção de imã de geladeira me lembra taaaanto da minha mãe 🙂 Ela AMA, e é pra ela que eu trago imã toda vez que viajo. Beijos!

    • Pollyane
      Pollyane maio 10, 2017

      Oi Gabi! Sabe que eu tb sempre levo um ímã pra minha mãe tb? Hehe. Ela não pede, mas eu levo para que ela se lembre de mim 😀 Que bom que gostou dos ovinhos e das facas, são boas coleções pra fazer! Beijoo

  • Renata maio 8, 2017

    Amei suas coleções!!! Fiz um baita estrago no Egito! Eu tenho de tudo quanto é tipo de bugiganga em casa, de faca de Omã à Leões guardiões de Singapura! Hahahahah. Coleciono chaveiro de todos os lugares que fui. Mas perdi alguns, ficou incomoleto agora. Imãs de geladeira, mas essa comecei depois de ja ter ido em alguns lugares. Agora comecei a colecionar elefantinhos. Mas acho que a maior parte dos meus trecos vem de Singapura e do Egito. E na casa da minha irmã tem esses que vc comentou que não compra mais (cheio de coisas de pedra do Líbano!) hahahahahahaha

    • Pollyane
      Pollyane maio 10, 2017

      É, sua casa é meio esquizofrênica como a nossa, já vi de perto! Haha. Obrigada pela visita e pelo comentário! Beijo grande

  • Flávia Donhoe maio 8, 2017

    muito legal mesmo Polly, achei as suas coleções um tanto quanto diferentes, os ovos e as facas são bem originais, acabei de voltar da África do Sul e vi vários ovos pintados, achei lindos e o máximo, eu tenho algumas coleções, mas o que gosto mesmo são os lápis e as pulseiras! Beijos

    • Pollyane
      Pollyane maio 10, 2017

      Lápis e pulseiras também são coleções super originais, Flávia! Os ovos foram um “acidente” e acabamos que gostamos! hehe. Beijo grande e obrigada pela visita.