08 de julho de 2017

8 on 8 – Transportes (no Egito)

Dia 8 é dia de blogagem coletiva aqui no blog! Para este mês, o tema sugerido foi “Transportes” e o que a princípio parecia ser fácil, afinal, a gente faz uso de transportes o tempo todo e em toda viagem, depois ficou bastante complicado, porque não conseguia encaixar em um post basicamente fotográfico um subtema que conectasse todas as fotos. Mas, ainda bem que a inspiração surgiu a tempo e aqui está o meu artigo de hoje, com as 8 fotos, dessa vez todas do Egito, contando um pouco dos transportes que utilizamos, ou não, por lá! Espero que aproveitem as dicas, porque vai servir como um artigo informativo para esse destino também, além de cumprir com a minha tarefa do 8 on 8!

Não deixe de conferir os outros blogs participantes para ver o que elas pensaram para este tema (exclusivamente este mês, apenas 6 blogs):

A Bela, não a Fera por Bela Carapinheiro

Mulher Casada Viaja por Marcia

Qualquer Latitude por Yasmin Graeml

Quarto de Viagem por  Flávia Donohoe

Viajei Bonito por Gisele Rocha

Why not por Nicole

***

Avião

Para chegar ao Egito, sair dele e nos locomover dentro do país, usamos avião. É possível chegar ao Egito de outras formas (carro ou barcos), mas sem dúvida essa é a maneira mais escolhida, por conta da posição geográfica do país: cercado de deserto ou mar. Ao todo, fizemos 4 viagens de avião no espaço aéreo egípcio: de Amã para Cairo; de Cairo para Assuã; de Hurghada para Cairo; e de Cairo para Amã.

A viagem de Cairo a Luxor é feita comumente de trem (um trem noturno), mas como a diferença de preço não era tãaao grande, a passagem aérea cabia no nosso orçamento e viajar de avião é infinitamente mais prático que um trem, optamos por voar mesmo. Por isso, nessa singela lista de 8 itens, não colocarei trem, mas fica como dica para quem está programando uma viagem para lá que é uma opção também.

voo cairo assuã

Sobrevoando Assuã. Foto: arquivo pessoal

***

Van

O meio de transporte que mais utilizamos em nossa viagem ao Egito foi uma van. Como viajávamos em 4, e ainda tinha o guia e o motorista, uma van era mais confortável. Com ela, fizemos todos os passeios em Cairo, fomos para Alexandria e Abu Simbel, fizemos a parte turística de Assuã e Luxor, além de ter viajado de Luxor a Hurghada. Eu não recomendo que você alugue um carro no Egito, pois o trânsito é além do caos e do desespero. Leis de trânsito são sumariamente ignoradas e a direção dos egípcios é muito perigosa, aliando altas velocidades e desrespeito ao próximo.

A van e o motorista foram providenciados pela agência de turismo que contratamos para fazer todos os passeios e deslocamentos no país. A empresa é a Egypt Tailor Made. Os preços variam com a temporada, número de pessoas e de dias, por isso vale a pena você entrar em contato e pedir o seu orçamento personalizado. Mas já adianto: não é caro e será um dinheiro muitíssimo bem investido. Acredite, não vale o estresse de se preocupar com transportes ou trânsito no Egito.

alexandria transporte van

Vista da janela traseira da nossa van. Alexandria. Foto: arquivo pessoal

***

Carroça em Edfu

No Egito, andei de carroça pela primeira vez. Foi uma experiência muito triste e difícil para mim e já contei o relato aqui nesse post. Fiquei na dúvida se colocava ou não esse item no post, mas achei importante retomar o assunto para que sirva de alerta às pessoas que estão viajando para lá.

templo edfu carroça egito

Carroças em frente ao templo em Edfu, Egito. Foto: arquivo pessoal

***

Camelo

Camelos são amplamente utilizados no Oriente Médio. Transporte de pessoas e cargas é só mais uma função desses animais que, desde que você não os sobrecarregue e zele dele com atenção e amor, não há problema em montá-lo. Como nós já moramos na região e camelo não é exatamente uma novidade, não fizemos os passeios de camelo que estavam disponíveis. Mas, se para você é novidade, pode ser uma boa ideia. Vimos turistas andando de camelo nas Pirâmides em Gizé e na Vila Núbia em Assuã. Observe bem o estado de saúde do animal e, se tiver disposição e coragem, parta para um passeio inusitado no lombo do camelinho no deserto.

vila núbia assuã rio nilo

Vila Núbia, Assuã. Foto: arquivo pessoal

***

Cruzeiro no Rio Nilo

O melhor jeito de conhecer os templos do Rio Nilo é navegar em suas águas dentro de um cruzeiro que dura, em média, 3 noites. Fizemos questão de incluir essa experiência em nossa viagem e não nos arrependemos nem por 1 segundo! O passeio nos surpreendeu em muitos pontos e foi ótimo apreciar os incríveis pores-do-sol do convés do cruzeiro, além de mudar de cidade sem preocupar em mudar de hotel. Há várias opções de cruzeiros pelo Rio Nilo, com diferentes rotas, horários e preços. Toda a nossa experiência está nesses dois posts: parte I e parte II.

cruzeiro rio nilo egito

Pela janela do nosso quarto no cruzeiro. Foto: arquivo pessoal

***

Felucca em Assuã

Felucca são barcos à vela feitos de madeira tradicionais do Mar Vermelho, Mar Mediterrâneo Oriental e no Rio Nilo. Hoje, são amplamente utilizados por turistas, que terem uma experiência típica na região. A empresa de turismo nos ofereceu 2 opções de lugares para fazer esse passeio: em Cairo e em Assuã. Optamos por Assuã, pois o nosso tempo lá estava mais tranquilo e porque a cidade em si também é mais tranquila. Acho que essa foi a melhor decisão que tomamos, pois não consigo imaginar o passeio sendo tão tranquilo em Cairo como foi em Assuã. Portanto, caso você tenha oportunidade de escolher entre os dois lugares, eu sugiro Assuã também!

O passeio em si é bem tranquilo e mesmo quem tem problemas com enjoo em barcos, como euzinha aqui, pode ficar sossegado que não fará nenhum mal. Também não senti medo em momento algum. O passeio durou no máximo 1 hora, foi conduzido por um egípcio local (não sabia inglês, então não conversamos nada) e foi restrito ao nosso grupo de 4 pessoas e o guia. Foi MUITO agradável, especialmente porque fomos em dezembro, o clima estava friozinho, e fomos perto da hora do pôr do sol. É um passeio que recomendo demais, independente da idade.

felucca rio nilo

Feluccas no Rio Nilo. Foto: arquivo pessoal

***

Barco em Hurghada

Nessa viagem ao Egito, acabamos utilizando transportes aquáticos por diversas vezes. Alguns por mais tempo, como o cruzeiro, outros apenas para pequenas travessias. Em Hurghada, fizemos um passeio de barco que nos levou a uma região maravilhosa para fazer snorkeling e mergulho. Eu já contei tudo desse dia nesse post, vale a pena ler e babar na cor do mar. Quis incluir esse “barco” específico nessa lista porque, se você estiver pelo Mar Vermelho, não pode deixar de fazer esse passeio! Por mais que as praias da região também sejam bonitas, nada se compara à vida marinha e os milhões de tons de azul de lá…

mar vermelho egito hurghada passeio barco

Passeio de barco em Hurghada, Mar Vermelho. Foto: arquivo pessoal

***

Balão em Luxor

Por último, o passeio de balão! Esse “meio de transporte” super inusitado e mágico, que primeiro me deixou apavorada, depois eufórica, depois feliz. Foi a minha primeira vez voando de balão e já quero fazer em todos os lugares que for possível! Dá um medo danado, não vou negar, mas é tão lindo e especial que vale a pena encarar. Nós fizemos o passeio de balão no Vale dos Reis, em Luxor. Subimos um pouco antes de o sol nascer e ficamos no alto por uns 45 minutos. Foi muito, muuuito legal e também recomendo demais! Já falei sobre a experiência aqui nesse artigo, para quem quiser saber mais detalhes.

balão em luxor egito vale dos reis

Passeio de balão em Luxor. Foto: arquivo pessoal

***

Extra: Nesse artigo, como também era informativo, preciso deixar uma dica preciosa a quem estiver indo para o Egito: não pegue táxis, utilize o Uber! No Cairo, quisemos ir ao shopping em uma dada noite. Já sabendo da fama dos egípcios de nos passarem para trás nos táxis, não ligando taxímetro e dando voltas desnecessárias, muitas vezes perigosas, fui perguntar para a Michelle, da agência de turismo Hórus Viagens (confiram!), como poderia me locomover de forma segura. Imediatamente, ela e o esposo, que é egípcio, nos recomendaram ir de Uber. Foi uma experiência super tranquila e que recomendo demaaaais. Foi como pegar Uber em qualquer outro lugar. Não precisamos nos preocupar com voltas ou preços abusivos. Ah, aqui vai outra dica de ouro: aprenda os números em árabe! As placas egípcias são nesses números e, para identificar o carro que vai te buscar, você vai precisar saber lê-las! Aprenda aqui embaixo:

 

confira os posts relacionados

Comente via Facebook

Comente com o WordPress

  • Polly, que demais ficou seu post! Escolheu muito bem falar sobre o Egito, que tem tantos transportes disponíveis e com isso deu dicas úteis para quem for ao país. Ah, posou até de diva no barco! Abraços

    • Pollyane
      Pollyane julho 13, 2017

      Obrigada, Márcia! Foi ótimo, pois pude unir os dois temas 🙂 Obrigada pela visita e beijo grande

  • Bruna Thalita julho 8, 2017

    Amei !!!

    Estou amando ler seus artigos, sempre amei visitar seu blog e ler os artigos, sempre tem dicas e informações interessantes…

    Parabéns !!

    • Pollyane
      Pollyane julho 8, 2017

      Olá, Bruna Thalita! Muito obrigada pelas gentis palavras. Fico feliz de receber comentários assim! Beijo grande.