Texto publicado originalmente no site Brasileiras pelo Mundo, onde faço uma colaboração mensal como colunista de Abu Dhabi.

***

O mundo árabe desperta muita curiosidade e interesse nas pessoas. Não é incomum que eu tenha que responder a um bombardeio de perguntas relacionadas à vida aqui nos Emirados Árabes e no Oriente Médio como, por exemplo, como é a questão da mulher, da religião, da cultura, do clima e por aí vai.

Para mim não é difícil falar bem daqui e, pensando nisso, resolvi fazer uma pequena lista (ela teria muito mais de 10 itens, acreditem) sobre os motivos para morar em Abu Dhabi.

1 – Segurança – Na minha opinião, esse item deve vir em primeiro lugar, seja na lista ou na vida e não há lugar que eu já tenha sentido mais segurança do que aqui em Abu Dhabi. Caminhar pelas ruas sem medo de ser assaltada ou vítima de violência; poder dirigir à noite sozinha; deixar a bolsa na praia e dar um mergulho no mar. Em tempos de noticiários sangrentos pelo mundo inteiro, viver sem se preocupar excessivamente com a segurança é maravilhoso! Mais sobre esse assunto aqui neste artigo.

2 – Diversidade cultural – Uma cidade em que cerca de 90% da população é expatriada nos propicia contato com culturas diferentes o tempo todo, além da própria cultura árabe, é claro. Ir ao supermercado é uma aventura, assim como qualquer sala de aula. Morar em Abu Dhabi é como estar em um grande aeroporto, rodeado de pessoas de todos os jeitos, falantes de várias línguas. Particularmente, adoro essa possibilidade que a cidade nos oferece.

26217064326_7e86ecef06_z

Festival Qasr Al Hosn em Abu Dhabi – Foto: Renata Zagato Flickr

3 – Bons hospitais e médicos – Outro ponto importantíssimo que devemos colocar na balança antes de nos mudar é em relação à saúde. Nesse caso, fico bastante tranquila, pois a cidade conta com bons hospitais e profissionais de várias áreas. Todas as vezes que precisei de médico fui bem atendida e minhas amigas também. Inclusive, conheço uma dezena de brasileiras que resolveram ter filhos aqui e relataram boas experiências.

4 – Voo direto para o Brasil – Estamos a uma considerável distância da pátria amada, separados por um oceano e um continente inteiros. Porém, graças às companhias aéreas Etihad (de Abu Dhabi) e Emirates (de Dubai), temos voos diretos e diários para o Brasil. O voo é longo e cansativo, mas saber que podemos entrar em um avião aqui e já descer em terras brasileiras é muito bom e nos poupa tempo em situações de emergência que, infelizmente, podem acontecer.

5 – Opções de lazer – Neste artigo, listei algumas opções de lazer que temos na cidade: são museus, shoppings, cinemas, praias, restaurantes, parques temáticos. Além disso, a depender da estação do ano, temos festivais, shows internacionais, concertos, teatros, exposições, eventos esportivos e, claro, a famosa etapa da Fórmula 1. Há também passeios de barco, de caiaque, de jet-ski, campos de golfe, safári no deserto… Ufa, cabe outra lista dentro da lista! Acho que já deu para perceber que não faltam opções de lazer para todas as faixas etárias, seja em Abu Dhabi ou na vizinha Dubai e a sua maior preocupação, dentre tantas opções, será se controlar para permanecer dentro do orçamento.

12915152_1141756735858432_1984967764_o

Red Bull Air Race, em Abu Dhabi. Foto: Renata Zagato

6 – Escolas, universidades e cursos – Uma das maiores preocupações de quem vem para cá com crianças é a oferta de educação de qualidade e, felizmente, nesse quesito Abu Dhabi tem muito a oferecer. Nesse artigo os papais podem se informar melhor sobre as escolas daqui. Aos adultos que desejarem cursar nível superior, a cidade conta com várias universidades, dentre elas uma filial da NYU (New York University) e outra da Paris-Sorbonne. Além disso, há cursos de pintura, fotografia, culinária, línguas e muitos outros. Como já falei, esses cursos também são uma excelente oportunidade para conhecer pessoas dos mais variados lugares!

7 – Acesso a produtos e marcas – Deixando de lado a questão do custo de vida e do poder de compra, já que são questões extremamente pessoais (e sim, a cidade tem um alto custo de vida), em Abu Dhabi é possível encontrar praticamente todo tipo de produto e marca. Às amantes do universo feminino de moda e cosméticos, a cidade não deixa a desejar. Aos apaixonados por carros e eletrônicos, também não – e muitas vezes o preço é bastante atraente. No supermercado a variedade também é enorme e, pessoalmente, eu nunca vi em nenhum outro lugar do mundo uma variedade tão grande de frutas e verduras.

8 – Não tem imposto – Sabe aquele valor do seu salário que você nem chega a ver porque foi descontado? E aquele preço na prateleira que ainda será acrescido lá no caixa? Pois aqui não tem nada disso, o que é muito bom! Por enquanto, não há imposto no país, mas há previsão de que comecem a cobrar a partir de 2018. Veremos!

9 – País “aberto” se comparado a outros do Oriente Médio – Resguardadas as devidas proporções do conceito de liberdade, aqui podemos levar uma vida praticamente normal para os padrões ocidentais. Encontramos bebida alcoólica à venda em estabelecimentos autorizados e em restaurantes, além da carne de porco. Há boates e festas. Sim, mulheres podem dirigir – e também andar desacompanhadas. Os Emirados Árabes se orgulham de serem um país que respeita e exalta a tolerância entre diferentes culturas, tradições e religiões.

FullSizeRender

Assistindo ao pôr do sol da janela da sala. Foto: arquivo pessoal.

10 – Céu maravilhoso – Não poderia deixar de incluir a minha grande paixão em Abu Dhabi: o céu! Quase todos os dias temos um espetáculo gratuito na nossa janela e, nesse momento, lembramos de agradecer pela incrível oportunidade de morar nesse lugar.

O BPM tem um artigo listando as dez razões para morar no Oriente Médio. Vale a pena conferir!

confira os posts relacionados

Comente via Facebook

Comente com o WordPress

  • DeTuDo1PoUcO agosto 24, 2016

    Oi Polly, eu gostaria de te fazer uma pergunta relacionada a dinheiro. Você tem um e-mail particular pra eu te enviar minha dúvida?