23 de janeiro de 2017

De Anápolis para Annapolis

Como contei no post anterior, nasci em Anápolis, uma cidade no interior de Goiás. [muitos] Anos depois, em 2016, fiz uma viagem aos Estados Unidos e, naquela oportunidade, quis conhecer outra “cidade de Ana”: Annapolis. Anápolis é a segunda cidade mais importante do estado de Goiás, atrás somente da capital Goiânia, enquanto Annapolis é a própria capital do estado de Maryland, estado dos EUA. Nenhuma das duas cidades são destinos turísticos conhecidos entre os brasileiros, mas claro, para mim, possuem um significado especial. Sendo assim, achei justo fazer um artigo traçando um paralelo entre esses dois locais. Será que é possível? Vamos ver!

De onde vim, para onde fui. Onde estão as duas “Anapolis” no mapa: em roxo, Annapolis (Maryland); em vermelho, Anápolis (Goiás). Fonte: Google Maps

Comparando Anápolis a Annapolis

Fundação e demografia: Annapolis é mais velha, tendo sido fundada em 1649, já Anápolis só foi fundada em 1873. Anápolis, entretanto, é bem mais populosa: 370,875 habitantes (IBGE, 2016), enquanto Annapolis tem 39,474 habitantes (US Census, 2015).

Anápolis, Goiás, Brasil. Foto: CC

Annapolis, Maryland, EUA. Foto: CC

Localização: as duas cidades têm algo em comum, estão localizadas próximas às capitais de seus países. Anápolis está a aproximadamente 140 km de Brasília, enquanto Annapolis está a cerca de 40 km de Washington DC.

Nome da cidade: o significado dos nomes é “cidade de Ana”. Porém, não foi a mesma “Ana” que deu origem aos nomes das duas cidades. Em Annapolis, a homenageada foi a Rainha Ana da Grã-Bretanha, já em Anápolis foi a Santa Ana, ou Santana, a mãe de Maria de Nazaré, avó de Jesus Cristo.

Paróquia Sant’Ana, em Anápolis. A Santa que dá nome à cidade também é sua padroeira. Foto: OFM

Cinema: Annapolis também é um nome de um filme hollywoodiano, onde a trama se dá na própria cidade; Anápolis não possui nenhum filme dedicado à cidade, mas já foi locação para um filme nacional importante, “Dois Filhos de Francisco”.

Pôster do filme Annapolis. Fonte: Wikipédia

Trecho do filme “Dois Filhos de Francisco”, que se passa na Rodoviária Interestadual de Anápolis:

Importância militar: além de compartilharem o nome, as duas cidades são conhecidas em seus países por abrigarem importantes bases militares. Anápolis possui uma Base Aérea (BAAN), enquanto Annapolis é casa da Academia Naval dos Estados Unidos.

A visita a Annapolis, Maryland

Fomos para os Estados Unidos para visitar a tia do marido, que mora em Washington DC. Ao todo, passamos 2 semanas no país, sendo 4 dias em Nova Iorque e o restante em DC mesmo. Como era uma viagem de visita, mais que turismo, seguimos um ritmo tranquilo de passeios (com exceção de NY) e, durante o final de semana, fizemos um bate-volta a Annapolis.

A cidade é super pequenininha e muito próxima de Washington, logo, é um excelente passeio de 1 dia, caso você esteja pela região. Eu gostei muito do clima de cidade pequena (não como a minha Anápolis, mas ainda assim interessante) e também achei muito legal visitar a Academia Naval – porque, claro, eu já havia assistido ao filme Annapolis alguns anos atrás 🙂

Annapolis fica a apenas 40 km de Washington DC. Fonte: Google Maps

O nosso “roteiro” pela cidade foi basicamente o seguinte: estacionamos o carro no City Dock, almoçamos no Federal House, subimos a rua principal (Main St.), demos uma volta pela igreja St. Anne, pela pracinha da State House, fomos caminhando para a Academia Naval (que é imensa, muito bonita e organizada, um lugar agradável para uma caminhada depois do almoço) e depois fomos para um café (49 West Coffeehouse, Winebar & Gallery), onde recarregamos as energias antes de voltar para Washington.

A caminho de Annapolis. Foto: arquivo pessoal

Uma anapolina muito feliz em “Annapolis City”. Foto: arquivo pessoal

Uma anapolina muito feliz, parte 2. Foto: arquivo pessoal

Main st. de Annapolis. Muito fofa! Foto: arquivo pessoal

Igreja St. Anne. Foto: arquivo pessoal

Vista para o State House. Foto: arquivo pessoal

Linda Annapolis! Foto: arquivo pessoal

Marido fazendo pose em Annapolis. Foto: arquivo pessoal

Annapolis, Maryland. Foto: arquivo pessoal

Annapolis, Maryland, vista da State House. Foto: arquivo pessoal

Vista da State House. Foto: arquivo pessoal

Simpático morador de Annapolis. Em Anápolis, não temos essas fofuras. Foto: arquivo pessoal

Academia Naval dos EUA. Foto: arquivo pessoal

Academia Naval dos EUA. Foto: arquivo pessoal

Academia Naval dos EUA. Foto: arquivo pessoal

Academia Naval dos EUA. Foto: arquivo pessoal

Academia Naval dos EUA. Foto: arquivo pessoal

Academia Naval dos EUA. Foto: arquivo pessoal

Academia Naval dos EUA. Foto: arquivo pessoal

Academia Naval dos EUA. Foto: arquivo pessoal

Academia Naval dos EUA. Foto: arquivo pessoal

Não sei se há muito além disso para se fazer por lá. A intenção desse passeio foi justamente para ficar mais sossegados e caminhar pela cidade sem pressa, admirando a sua arquitetura fofa e vendo um pouco de como é a vida em cidades pequenas americanas (foi a única que visitamos nessa viagem).

Aproveitei que estava na cidade que é quase gêmea da minha natal (só que nunca! haha), e comprei alguns souvenires com o nome dela. Qualquer dia faço um post só para mostrar essas coisinhas que compro em viagens. Lembrando que, em Annapolis, o ideal é comprar algo que remeta à Academia Naval ou a caranguejos, prato típico da região.

A única dica que eu dou (além do roteiro “relax” que fizemos por lá”) é provar uma sobremesa do Federal House que me deixou embasbacada. Um “hambúrguer” de brownie, onde o “pão” era de biscoito, o “queijo” de sorvete com calda de caramelo, o “ketchup” era calda de morango e as “fritas” eram mini-churros. Tudo isso com calda de chocolate quente por cima.

Sobremesa divina do Federal House. Foto: arquivo pessoal

Depois de limpar a baba do teclado, comece a pensar quando conseguirá visitar essa fofa cidade em Maryland, ou, se não puder, visite a de Goiás! Garanto que terá comida boa também 🙂 Beijo grande e até a próxima.

confira os posts relacionados

Comente via Facebook

Comente com o WordPress

  • Flavia janeiro 23, 2017

    Amei!!!!!!!