Minha amiga Renata me perguntou: “Polly, é fácil ser vegetariano em Abu Dhabi?”. Minha primeira resposta foi, claro, relembrá-la de que me alimento de peixes e frutos do mar ocasionalmente, portanto, não sou vegetariana (o nome certo seria pescetarianismo). Mas, logo pensei e vi que nunca tinha comentado a respeito disso com ela, ou aqui no blog, sendo uma excelente pauta para um artigo. Mesmo não seguindo exatamente o vegetarianismo, procuro me alimentar somente de vegetais em 90% das minhas refeições, ou seja, alguma coisa sobre isso em Abu Dhabi eu posso falar.

Vegetarianismo ou vegetarismo é um regime alimentar baseado no consumo de alimentos de origem vegetal. Define-se como a prática de não comer qualquer tipo de animal, com ou sem uso de laticínios e ovos.

vegetariano vegetarianismo abu dhabi

Foto: Unsplash Brooke Lark

Neste artigo não falarei muito a respeito do veganismo, estilo de vida que inclui uma dieta na qual nenhum tipo de produto de origem animal ou derivados são consumidos, pois considero que não tenho muita propriedade para falar do assunto com o devido crédito. Se alguém quiser deixar nos comentários sua experiência com o veganismo em Abu Dhabi, será excelente!

Quando parei de comer vaquinhas, porquinhos e franguinhos

Eu decidi parar de comer carne quando já morava em Abu Dhabi. Apesar de ter sido uma decisão abrupta, baseada em uma situação traumática relacionada à vida/morte animal, nunca sofri com a nova dieta. Eu transformei a mente antes do corpo; acho que essa é a chave. Quando ouço pessoas dizendo “nunca conseguiria viver sem carne” ou “não me sinto preparado para tal passo” lembro que 5 minutos antes de segurar o meu cachorro sem vida nos meus braços eu também pensava assim. Ah, o poder da mente…

O meu choque traumático mandou instantaneamente uma mensagem para o meu estômago e, desde então, tenho repulsa por carnes e sangue animal. No começo, parei com todas as carnes, inclusive peixe, mas depois de 1 mês resolvi voltar com o peixe esporadicamente, pois estava meio perdida com as opções de proteína. Peixes não me causam náuseas a maior parte do tempo. E foi aí que estipulei, por ora, um princípio: se eu posso matar esse animal para me alimentar dele, então eu como. Eu seria capaz de pescar para me alimentar, sem peso na consciência, mas eu não mataria uma galinha, uma vaca ou um porco. Vamos ser razoáveis: não estou falando de situações extremas de fomes e catástrofes. Graças a Deus, não vivo nesse mundo e tenho plena liberdade de escolher meus alimentos.

Essa decisão me trouxe uma paz imensa! Além de paz, outra palavra que gosto de utilizar é “coerência”. Só fui assistir aos famosos vídeos de abates de animais, matadouros e afins depois da minha decisão tomada. Sofro e me compadeço muito das pobres criaturas, mas saber que não contribuo mais com isso me deixa mais tranquila.

amor animais vegetariano

Foto: CC

Por enquanto, sigo comendo peixes e frutos do mar (camarão, na verdade) de vez em quando e cada vez menos. Algumas vezes também não me sinto bem comendo esses animais, o que me faz acreditar que um dia pararei com eles também. O veganismo ainda parece distante da minha realidade, mas também não descarto a possibilidade. Acho que me sentiria ainda melhor!

O mais importante é se sentir bem (corpo e consciência) e respeitar os seus próprios limites fisiológicos – lembrando que cada um tem o seu. É preciso entender e respeitar isso.

Sendo vegetariano em Abu Dhabi

Em casa, é super tranquilo seguir a dieta vegetariana. Nos restaurantes em Abu Dhabi, igualmente. Acredito que hoje o mundo está bem mais preparado para acolher pessoas que aderem a outras dietas, seja por saúde ou por convicção. Mesmo no Brasil, onde a cultura da carne ainda é muito forte, a extensa oferta de vegetais e frutas facilita muito a vida de quem não come carne. Aqui em Abu Dhabi é a mesma coisa: a oferta de vegetais é imensa!

Isso pode parecer surpreendente a quem não conhece a cidade. Como assim tem muitos vegetais aí no deserto? Além da importação, há muitas hortas que plantam de tudo aqui. Inclusive produtos orgânicos! Eu sempre comento com meus amigos que fico encantada com a variedade de verduras no mercado. No Brasil, a não ser que você vá a um hortifruti mais sofisticado, as opções são sempre as mesmas. Em Abu Dhabi, por importar do mundo inteiro, há muito mais opção! São inúmeras variedades de verduras e frutas que eu desconhecia completamente antes de vir morar aqui. Os preços dos produtos importados são altos, sim, mas não perdem em qualidade.

Nunca tive problema em comprar vegetais aqui. São pouquíssimas verduras que sinto falta do Brasil (por não ter achado aqui, ou pelo sabor ser diferente), mas em compensação passei a comer várias coisas que não tinha acesso na pátria amada. Perde-se de um lado, ganha-se pelo outro – o mesmo vale para os preços.

vegetariano abu dhabi mercado

Foto: Unsplash Ja Ma

A inestimável ajuda dos indianos e dos árabes

São muitos, MUITOS indianos que vivem em Abu Dhabi. E como é sabido, vários deles são vegetarianos. Dessa forma, a oferta de vegetais é abundante mesmo nos mercadinhos pequenos. Como exemplo, o mercadinho do meu prédio, que atende somente os moradores do meu condomínio, tem uma variedade considerável de verduras e frutas, além de outros produtos da cozinha vegetariana e importantes fontes de proteínas de origem vegetal (grão de bico, lentilha, castanhas…). O quero dizer é: em Abu Dhabi, você não terá problema em encontrar vegetais frescos ou outros produtos para preparar uma refeição vegetariana. A demanda é grande, assim como a oferta.

Além do “cardápio indiano”, obviamente temos uma farta opção de comida árabe, em geral. Digo em geral porque não vou entrar na questão de cada nacionalidade árabe, pois isso é assunto para um artigo exclusivo. Mas, uma pequena amostra inclui: tâmaras, homus, tahine, fattoush, babaganuche, tabule, chancliche, manaeesh, pães frescos, laban, falafel… Todos esses são pratos árabes deliciosos e 100% vegetarianos, e boa parte também veganos, super fáceis de serem encontrados aqui nos Emirados Árabes. O preço também é muito acessível. Ah, mesmo que você não siga a dieta vegetariana, vale a pena prová-los!

tabule vegetariano comida libanesa

Tabule. Foto: Flickr Divya Thakur

Comida vegetariana em restaurantes

Ainda mais fácil é ser vegetariano e comer fora por aqui. Em todo o meu tempo em Abu Dhabi, apenas 1 vez fui a um restaurante que não tinha peixe ou comida vegetariana no cardápio (é um restaurante cujo foco é frango). Como havia um cardápio na porta, nem cheguei a entrar para ver que não teria o que comer. Tirando essa única ocasião, nunca tive problema em não encontrar opção para mim nos cardápios. Ah, e não necessariamente eu preciso pedir só salada, viu? As opções vegetarianas são tantas que dá para escolher entre saudáveis, junk food, altamente calóricas, light… Tem de tudo!

Outro problema que nunca enfrentei aqui é pedir um prato e me deparar com carne mesmo sem ter sido indicado no cardápio. Por aqui, eles são muito sinceros e fiéis ao que está escrito no cardápio e como há muitas pessoas com restrições alimentares (indianos vegetarianos e muçulmanos que não comem carne de porco), não é comum que eles alterem o prato sem consultar o cliente antes.

comida vegetariana

Foto: Unsplash – Eaters Collective

***

Não sei se consegui colocar neste artigo tudo que precisava, mas fico à disposição para esclarecer quaisquer dúvidas sobre esse assunto (e outros também, claro, né?). Se você é vegetariano e está de mudança para Abu Dhabi, ou mesmo virá à passeio, não se preocupe, pois não terá nenhuma dificuldade para encontrar alimento bom e saudável aqui. O mesmo vale para quem já mora na cidade e pensa em adotar essa dieta, terá todo o meu apoio e também um incrível suporte da Abu Dhabi, muito bem preparada para acolher a todos os não-comedores de animaizinhos. Beijo grande e até a próxima!

confira os posts relacionados

Comente via Facebook

Comente com o WordPress

  • Larilarilari maio 28, 2017

    Muito legal esse post! Vegetais são maravilhosos! Na dieta low carb estou Ainda mais apaixonada por eles! Que bom que você não teve dificuldade aí Polly! Amei! Beijo!

    • Pollyane
      Pollyane maio 29, 2017

      Tô precisando pegar umas dicas com você a respeito dessa dieta low carb. Obrigada pelo comentário, beijo!

  • Márcia maio 17, 2017

    Parabéns pela excelente descrição , bem esclarecedora, realmente eu imaginava que em Abu Dhabi, não existia muitos vegetais por se tratar de região de deserto.

    • Pollyane
      Pollyane maio 17, 2017

      Muito obrigada, Márcia! Sim, eu imagino mesmo que as pessoas pensem que aqui não temos opções de vegetais, por isso quis trazer esse assunto e esclarecê-los. Beijo grande.

  • Renata maio 17, 2017

    Tinha certeza que renderia um excelente artigo! Obrigada! Meus amigos no Brasil que me enchem de perguntas, agradecem também! Hahaha

    • Pollyane
      Pollyane maio 17, 2017

      Não é? Muito obrigada pela sugestão 😉 E espero que os seus amigos se sintam esclarecidos. Hehe. Beijo grande.