A nossa viagem para o Egito, em dezembro de 2016, foi detalhadamente planejada. Isso porque viajaríamos com outro casal (e eu organizei basicamente sozinha, daí rolou uma autocobrança natural) e o Egito não é um destino que vale a pena ir desbravando sem um roteiro prévio. Bom, pelo menos pra gente essa não parecia ser uma ideia muito sensata. E vários blogs de viagem que eu li concordavam comigo.

Então, o primeiro passo foi definir quantos dias seriam necessários no país. Dispúnhamos de 2 semanas de férias e também queríamos conhecer a Jordânia (posts aqui) e foi torturante a decisão de quantos dias ficaríamos em cada lugar. Lembrando que também teríamos que contar com os vários deslocamentos internos e que imprevistos poderiam acontecer – e aconteceram!

piramides gize egito

As pirâmides de Gizé. Foto: arquivo pessoal

Quanto tempo é necessário para visitar o Egito?

Depois de marcar no mapa todos os lugares que queríamos conhecer, estabelecemos a proporção de 10 noites no Egito e 5 noites na Jordânia. Pareceu o ideal, a princípio, e ao longo da viagem percebemos que foi OK (= tá bom, mas talvez poderia ter sido melhor)! Teríamos aumentado uns dias no Egito, em algumas cidades, mas na Jordânia acho que não seria necessário, como já falei no post do roteiro pelo país. No Egito, acabou sendo muito corrido e como tínhamos que acordar muito cedo praticamente todos os dias, foi uma viagem de férias que acabou saindo bem cansativa.

É difícil dizer um tempo “ideal” em um país, já que cada um segue o seu ritmo. O nosso, posso dizer, era alucinado, mas nem todo mundo gosta/pode. Visitamos o país de norte a sul, e é claro que sempre falta um lugar ou outro que tiveram que ser excluídos do roteiro. Além disso, infelizmente, o Egito passa por um período delicado, onde esporadicamente acontecem ataques terroristas, sendo que algumas regiões não estão podendo receber visitantes com segurança. Por isso, mesmo que você tenha 1 mês inteiro para rodar pelo país, terá que se informar previamente sobre a possibilidade de visitar áreas “delicadas” e se achar que não vale o risco, corte!

balao vale dos reis luxor

Foto da minha foto no balão no Vale dos Reis, em Luxor.

Como disse, nossa viagem foi intensa, com muitas trocas de cidades e hotéis. Pra gente, essa era a única maneira de conhecer bem o país, e resolvemos fazer uma viagem em que aproveitaríamos ao máximo, sem ficar com aquele sentimento de “preciso voltar para ver tal coisa” no final. Pode ser que você também goste de viajar assim, ou pode ser que não. Exposto tudo isso, vou compartilhar com vocês o nosso roteiro e, depois, as nossas impressões, daí vocês podem decidir o que é melhor para o tipo de viagem que querem fazer, vamos lá!

Roteiro de 10 dias pelo Egito

Dia 1: Voo saindo de Abu Dhabi, com escala em Amã, chegada ao Cairo no final da tarde. Noite em Cairo.

Dia 2: Pirâmides de Saqqara e de Gizé. Noite em Cairo.

Dia 3: Museu do Cairo, mesquitas, igrejas, sinagogas, bazar. Noite em Cairo.

Dia 4: Bate e volta a Alexandria. Noite em Cairo.

Dia 5: Voo para Aswan. Noite em Aswan. (posts sobre Assuã aqui, aqui e aqui).

Dia 6: Bate e volta a Abu Simbel. Início do cruzeiro no Nilo. Noite no cruzeiro.

Dia 7: Cruzeiro no Nilo. (parte I e parte II)

Dia 8: Cruzeiro no Nilo.

Dia 9: Passeio de balão, templos em Luxor, transfer para Hurghada. Noite em Hurghada.

Dia 10: Passeio de Snorkeling. Noite em Hurghada.

Dia 11: Voo para Cairo e depois para Amã. Início do roteiro na Jordânia.

Considerações sobre o nosso roteiro no Egito

As 4 noites em Cairo nos deixaram exaustos! Além dos passeios intensos, a cidade é muito poluída e tem um trânsito muito louco – leia-se péssimo. Na primeira noite, não fizemos nada além de jantar no hotel. Também recomendo que guarde a primeira noite para descansar, especialmente se o seu voo chega do Brasil. O segundo dia foi maravilhoso, um verdadeiro sonho realizado de conhecer as pirâmides do Egito! O terceiro dia também foi muito bacana, já que o Museu do Cairo é incrível e a parte histórica da cidade que visitamos também vale muito a pena. Já o quarto dia, na visita a Alexandria, pensamos seriamente que deveríamos ter pulado.

cairo egito

Cairo visto do alto. Foto: arquivo pessoal

Alexandria conserva sua fama pelo nome e pelos livros de História, mas, na realidade, a cidade é uma extensão caótica de Cairo. Se você tiver muito tempo mesmo no país, acho que vale a pena visitar. Caso contrário, “jogue” esse dia para o final da viagem, no Mar Vermelho. Eu contei aqui o que aconteceu na nossa ida à Alexandria – e claro que isso nos desanimou muito, mas ainda vou fazer um post específico sobre o que vimos por lá e vocês podem julgar sozinhos se vale ou não a visita.

citadel alexandria egito

Citadel of Qaitbay, em Alexandria, que não visitamos o interior, mas de fora é legal. Foto: arquivo pessoal

Fomos para Aswan, ou Assuã, de avião, pois o nosso cruzeiro partiria de lá (há opções em que o cruzeiro parte de Luxor e termina em Aswan). Há quem opte por ir de ônibus ou trem. Nós achamos que a passagem de avião era muito barata para essa “economia” de dinheiro e desperdício de tempo. Sinceramente, depois de ver a bagunça que é Cairo e os riscos de atentados que existem, não arrependemos nem por 1 minuto ter feito esse trecho de avião. Aswan é uma cidadezinha muito interessante e ficamos por lá 2 dias, sendo 1 noite no hotel e 1 noite já embarcados no cruzeiro. Eu, pessoalmente (grifo no pessoalmente, porque os nossos companheiros de viagem têm uma opinião diferente), teria ficado até mais 1 dia por lá, para visitar outros pontos turísticos que não deu tempo… Amei aquele lugar!

elephantine assua

Elephantine, em Assuã. Foto: arquivo pessoal

A ida a Abu Simbel é um “trampo”! São 4h de estrada para ir, mais 4h para voltar. Vale a pena? Pra gente, valeu. Nossa van saiu muito cedo, então fomos dormindo o caminho quase todo. Na volta, a mesma coisa. Eu recomendo! Se você é amante da História egípcia e já está em Aswan, termine de chegar a Abu Simbel!

abu simbel egito

Templos de Abu Simbel, Egito. Foto: arquivo pessoal

O Cruzeiro no Nilo (claro, temos outros posts específicos) é uma experiência única, por centenas de motivos. Para começar, não é um passeio muito caro e foi muito mais interessante e divertido do que imaginávamos. Depois do Mar Vermelho, foi a surpresa mais agradável da viagem para nós 4! Não pensamos que seria tão legal, bonito e confortável. Recomendo MUITO a todos os visitantes do país que estendam sua visita a Luxor, Aswan e o cruzeiro entre eles.

O Cruzeiro de 3 noites é o mais comum e, sinceramente, não sei se é necessário mais tempo que isso. O tempo é o ideal para ver os templos espalhados pela margem do Nilo e também para aproveitar o barco em si. E uma informação muito importante, talvez a mais importante desse post: antes de marcar os hotéis pelo Egito, saiba exatamente quando será o seu cruzeiro. Geralmente, eles têm dias fixos de saída; logo, você precisa programar o seu roteiro de acordo com as datas do cruzeiro 😉 Foi isso que fizemos também! Conhecemos Cairo antes do cruzeiro porque as datas eram essas, ou seja, se o cruzeiro fosse sair antes, teríamos deixado Cairo para depois. Entenderam?

cruzeiro nilo festa

Jantando depois da festa egípcia no Cruzeiro. Foto: arquivo pessoal

Luxor é incrível! A cidade deveria ser ponto de parada obrigatória no Egito, assim como Gizé. Também adorei a cidade e teria ficado 1 dia a mais por lá, para aproveitar os templos com mais calma. Se você é amante de templos, História ou de fotografia, com certeza pode separar 1 dia extra para se dedicar aos inúmeros monumentos de Luxor. Ah, o passeio de balão pelo Vale dos Reis também é um passeio imperdível!

Templo de Hatshepsut, em Luxor

Nosso grupo de viagem no Templo de Hatshepsut, em Luxor. Foto: arquivo pessoal

Fomos para Hurghada de carro, em uma viagem de aproximadamente 3h30min. A surpresa ao chegar na cidade, organizada e limpa, foi inevitável. O hotel que ficamos era maravilhoso, assim como o passeio de snorkeling que tivemos oportunidade de fazer. O Mar Vermelho, repetindo pela 78.654 vez, é uma das coisas mais lindas que já vi! Eu já fiz um post específico sobre esses dias por lá. Não deixem de conferir! E sim, teria ficado muito mais que 2 noites por lá… Aliás, é totalmente possível fazer uma viagem só para lá de novo 😉

hurghada mar vermelho

Hurghada, we love you. Foto: arquivo pessoal

***

E esse foi o nosso roteiro no Egito! Espero que tenham gostado das dicas e possam aproveitá-las em sua viagem pelo país. O Egito é um lugar cheio de contrastes, difícil de ser compreendido, mas igualmente incrível em vários aspectos. Cabe a você desbravá-lo e aproveitar o que há de melhor a ser visto e vivido. Boa sorte!

Veja outros posts do Egito aqui.

confira os posts relacionados

Comente via Facebook

Comente com o WordPress

  • Anderson outubro 2, 2017

    Excelente post, Polly. Estou no Egito e não é fácil conseguir informações de qualidade. 🙂

    • Pollyane
      Pollyane outubro 2, 2017

      Fico feliz que tenha te ajudado, Anderson! Aproveite a sua viagem! Beijo grande

  • Carolina Maio 18, 2017

    Oi!!! Adorei seus posts. Estou indo para o Egito no fim de Dezembro de 2017. Estou em dúvida em relação ao que levar para vestir, porque estava imaginando que mesmo em Dezembro fosse quente. Mas estou vendo suas fotos com roupa de frio. Fez muito frio? Durante todo o dia? Se puder me ajudar ficarei grata!

    • Pollyane
      Pollyane Maio 19, 2017

      Oi Carolina! Sim, menina, sentimos frio por lá em dezembro! O único lugar mais quente é Gizé, nas pirâmides; durante o restante da viagem, fez friozinho o tempo todo e uma jaqueta e um cachecol eram sempre bem-vindos! De todo jeito, te recomendo a ficar de olho na previsão do tempo antes de chegar lá para ir se programando. O que mais usei lá, foi: calça comprida, camisa de manga comprida, jaqueta (que poderia ser tirada, caso estivesse mais quente) e cachecol leve. Muito obrigada pela visita! Beijo grande.

  • […] acompanhou o artigo do nosso roteiro pelo Egito viu que a nossa ida a Alexandria foi controversa. Apesar da frustração do congestionamento […]

  • Vinicius Março 19, 2017

    Olá! Adorei os posts. Inclusive troquei o Sharm por Hurghada no meu roteiro. Nos posts você cita muito a empresa que os auxiliou com os passeios e etc. Porém, nao coloca o nome dela… Poderia me ajudar com isso? Também pretendo fazer os passeios por empresa para evitar possiveis inconveniencias…
    Obrigado por compartilhar!!

    • Pollyane
      Pollyane Março 19, 2017

      Oi Vinicius! Muito obrigada pela seu comentário, fico feliz que tenha gostado dos posts. Ainda não falei sobre a empresa, pois pretendo fazer um artigo específico sobre isso. Aliás, tenho muitos posts atrasados dessa viagem, sorry! (pode perguntar o que quiser, prometo que tento ajudar para compensar o atraso!).
      A empresa que contratei foi a Egypt Tailor Made. Recentemente, porém, soube de uma outra empresa bem bacana de uma brasileira casada com um egípcio que também organiza os tours, o nome é Hórus Egito. Vou falar para ela responder aqui no comentário e passar o contato pra vc! É bem mais fácil lidar com uma brasileira, que fala português e sabe das nossas expectativas, do que com um egípcio mesmo. Obrigada!

    • Michelle Bastos Março 19, 2017

      Boa tarde!

      Polly, muito obrigada pela indicacao!

      Vinicius, o site na nossa empresa e http://www.horusviagens.com . Caso queira, pode me add tambem no whatsapp +20 1013419388, pois assim podemos conversar mais sobre seus planos e expectativas e personalizar algo legal para voce.

      Esperamos poder realizar sua viagem do jeitinho que voce sonhou!

    • Vinicius Março 20, 2017

      Uaaaauuuu que rapidez na resposta. Muito obrigadoooo!!!! Vou aguardar então o restante dos posts, até porque minha viagem está comprada para Outubro… Mas enquanto isso estou fazendo o roteiro e cotando as agências. Muito obrigado mesmo, já “favoritei” seu blog para acompanhar.
      Bjooo

      • Pollyane
        Pollyane Março 20, 2017

        Oi Vinicius! Eu que agradeço por você nos acompanhar! Até outubro eu já terei terminado os posts do Egito, Inshallah! Muito bom você já ir preparando a viagem com antecedência, espero que sua viagem seja fantástica! Beijo grande!

  • Márcia Março 4, 2017

    Polly que roteiro incrível, uma viagem na História, gostaria muito de fazê-lo um dia, aproveitando suas dicas com certeza fica bem mais fácil para não se enrolar e perder tempo, possibilitar aproveitar o máximo e visitar o que de mais interessante o lugar pode oferecer. Só uma pergunta que não quer calar, taurina que sou gostaria de saber, quanto aos restaurantes, qual a culinária predominante, existem várias opções, qual sua nota neste quesito? Parabéns pelos esclarecimentos…

    • Pollyane
      Pollyane Março 6, 2017

      Oi Márcia! Obrigada pela visita e pelo comentário. Tomara que consiga visitar um dia e aproveite as dicas (e peça outras também, claro!). Sobre a comida egípcia, não agradou muito o meu paladar, de um modo geral. Mas provei um “falafel” muito gostoso e um doce (que não me lembro o nome agora) que também era bom. De resto, eu me mantinha no “básico”, mesmo que o tempero fosse bem diferente. Se se interessa pelo tema “culinária típica do Egito”, recomendo esse artigo: http://www.brasileiraspelomundo.com/egito-10-comidas-tipicas-321545370

  • Flávia Donohoe Março 3, 2017

    que passeio genial Polly! Eu estou babando por todos os seus roteiros, quero muito fazer esse do Egito também, sem contar que as suas fotos saem maravilhosos e você parece uma princesa ♥
    eu gostaria de saber quanto saiu a viagem inteira, sei que é algo bem pessoal, mas gostaria de saber uma estimativa! Beijo e continue postando seus roteiros maravilhosos!

    • Pollyane
      Pollyane Março 4, 2017

      Oi Flávia! Muito obrigada pela suas gentis palavras! Então, eu não sei exatamente o custo da viagem (eu cuido do roteiro, marido cuida dos gastos), mas contratamos a empresa para os 10 dias, com transportes, guias e hotéis, para um grupo de 4 pessoas, fazendo tudo privado, e fico uns 1200 usd por cabeça. Os outros gastos por lá não foram caros, pois comida no Egito é muito barato. Talvez se você fizer a viagem de modo independente, saia mais barato, mas não sei se é um país que valha a pena. Beijo grande!

  • Oscar | www.viajoteca.com Março 2, 2017

    O Egito deve ser sensacional!! Adorei o post. É uma pena que a primavera árabe tenha danificado tanto a imagem do país como destino turístico. Fico feliz e motivado em ver que as coisas aparentemente estão voltando à “normalidade” nos principais destinos. Sonho em um dia mergulhar no mar vermelho e conhecer as pirâmides e o museu do Cairo.
    Obrigado por compartilhar o roteiro com a gente

    • Pollyane
      Pollyane Março 4, 2017

      Oi Oscar! Pois é, eu acho uma pena que o Egito ainda seja um país com uma certa insegurança para turistas. Quando estávamos lá, houve atentados no país, uma tristeza. Espero que possa conhecer e, quando o fizer, que seja mais tranquilo! Beijo grande e obrigada pela visita.

  • Muito muito legais suas dicas. Com suas impressões sobre cada lugar, amei! E o Mar Vermelho e o snorkel? Que maravilha. Obrigada por nos contar tudinho!

    • Pollyane
      Pollyane Março 2, 2017

      Oi Adriana! Pois é, menina, essa cor do mar vermelho foi uma surpresa pra gente! Ficamos apaixonados… Obrigada pela visita e pelo comentário. Beijo grande.

  • Renata Março 2, 2017

    Lindas fotos! Muito obrigada pelo post! Vai me ajudar nos planos futuros!

    • Pollyane
      Pollyane Março 2, 2017

      Sim! Vocês não podem deixar de conhecer, já está tão pertinho! Têm todo o meu apoio.. hehe. Beijo!