Algo que notei ser bastante comum aqui nos Emirados Árabes é que os expatriados mudam de um país para o outro, aqui dentro do Golfo Pérsico mesmo. Pessoas que trabalham com petróleo, hotelaria, aviação e outros setores geralmente possuem experiências de vivência em mais de um país da região, ou quando isso ainda não aconteceu, sabem que sempre há uma expectativa de que pode ocorrer a qualquer momento.

Uma vez que se chega ao mundo árabe e muçulmano, já ficamos “precavidos” de como é a vida nesses locais. Porém, cada país, ou mesmo cidade, tem suas particularidades e ajuda muito se já soubermos disso antes de nos mudarmos. Pensando nisso, entrevistei a minha amiga brasileira Flávia Recúpero, que já morou em Abu Dhabi, Doha e agora está morando em Dubai. Além dessas cidades árabes, ela também já morou nos EUA, Costa Rica e China. Essa imensa bagagem cultural e experiências em mudanças faz dela uma pessoa expert em alguns quesitos.

A Flávia me ajudou muito quando cheguei a Abu Dhabi e entrevistá-la foi a forma que encontrei para que ela possa ajudá-los também! Espero que aproveitem a entrevista e aprendam um pouco mais sobre como é morar em Abu Dhabi, Doha e Dubai.

morar em doha

Flávia em Doha. Foto: Flávia Recúpero

1 – Nome, idade, profissão?

Flávia, 37, Hoteleira.

2 – Quanto tempo morou/mora em Abu Dhabi, Doha e Dubai?

Abu Dhabi – 2 anos e 3 meses

Doha – 10 meses

Dubai – 06 meses (onde moro atualmente)

3 – Qual foi a cidade com a adaptação mais difícil? E entre Abu Dhabi e Doha, qual foi mais difícil deixar?

Doha foi mais difícil para adaptação. Consequentemente, Abu Dhabi foi mais difícil de deixar.

4 – Sendo mulher, qual dessas cidades impõe mais desafios? Você sentiu diferença no modo como foi tratada em cada uma delas?

Doha – Não acho que foi um desafio, mas por achar a cidade a mais restrita entre as três, observei que as mulheres não-muçulmanas respeitam mais as tradições e se vestem mais comportadas, mais respeitosas. Mas não foi o caso que alguém tenha me falado algo, eu observei e segui os mesmos parâmetros.

Em Doha, todos os lugares que vendem bebida alcoólica para consumo, como bares e clubs, somente as mulheres precisam mostrar documento de identificação para entrar (não é permitido Qatari nestes estabelecimentos).

Mas nada que achasse um desafio ou exagero por ser mulher.

5 – E pela sua nacionalidade, brasileira, onde é mais fácil ser brasileiro nas 3 cidades? Por que?

Depende do que você sente falta do Brasil.

Mas vou citar Dubai, porque acho que tem mais opções empreendimentos brasileiros (restaurantes, café, salão de beleza, loja..) e porque encontrei mais grupos e associações que visam interagir mais os brasileiros (adultos e crianças) recém-chegados ou já residentes na cidade.

E como Dubai tem mais estrangeiros e restrições mais toleráveis, as diferenças culturais causam menos impacto, para um recém-chegado a um país muçulmano.

morar em abu dhabi

Copa sub-17 2013 em Abu Dhabi: Brasil x Emirados. Foto: Flávia Recúpero

6 – Em relação ao custo de vida, você percebeu muita diferença entre elas? Como?

O custo de vida em Dubai é mais alto. A cidade é bem mais turística, então os preços são bem mais elevados. Porém, por Dubai ter mais opções de imóveis para alugar, os aluguéis mais em conta que Abu Dhabi e Doha.

7 – Quais seriam, na sua opinião, as maiores semelhanças e diferenças entre os Emirados Árabes e o Qatar?

Semelhanças – Projetos de desenvolvimento, temperatura e crença.

Diferenças – Turismo (Emirados mais estruturado para receber turistas em relação às opções de lazer) e infra estrutura (Doha está em desenvolvimento, porém mais atrás, Emirados já está mais sólido).

8 – Se pudesse definir cada uma das 3 cidades com 1 palavra, quais seriam?

Uma só? Que difícil…

Abu Dhabi – Família

Doha – Trabalho

Dubai – Lazer

Ou,  espera… Pode ser também:

Abu Dhabi – Trânsito tranquilo

Doha – Trânsito caótico

Dubai – Trânsito lento

10 – O seu marido compartilha das mesmas opiniões que você sobre as 3 cidades? Por que?

Meu marido é mais prático, acho que ele não é tão observador como eu e precisa de poucas coisas para se adaptar ao lugar. Ele estar satisfeito com o trabalho e saber que eu estou feliz na cidade já torna qualquer lugar ótimo para ele.

11  – Você tem uma cachorrinha. Em qual dessas cidades a vida dela é mais fácil, de um modo geral?

Em modo geral, em nenhuma das três é muito fácil. Em estabelecimentos comerciais e parques é proibido passear com o animal de estimação .

Sendo assim, sempre procuro morar em condomínios que têm uma área externa grande, que aceite animal de estimação, assim posso fazer caminhadas com minha cachorrinha.

Mas vou escolher Doha, um pouco mais fácil, mais pelo lado burocrático. A documentação de importação/exportação é mais fácil de preparar e também porque o animal pode entrar no país pela cabine da aeronave (de acordo com as regras de cada companhia aéreas) –  enquanto nos Emirados Árabes a entrada de animais é somente como carga despachada.

12 – Qual seria a ordem das cidades no quesito conservadora –> liberal? Se você fosse mais nova e solteira, qual iria preferir?

Conservadora  –> Liberal

Doha – Abu Dhabi – Dubai

Solteira: Dubai (as baladas e as praias de Dubai são mais agitadas).

morar em dubai

Flávia em Dubai. Foto: Flávia Recúpero

13 – Qual a maior qualidade e o maior defeito de cada uma dessas cidades?

Qualidade:

Abu Dhabi – Organizada, limpa e segura.

Doha – Muitas oportunidades de trabalho.

Dubai – Bem estruturada e moderna.

Defeito:

Abu Dhabi – Ausência de transporte público como metrô e tram.

Doha – Trânsito e falta de estrutura na área de lazer e entretenimento.

Dubai – Custo de vida alto e porque esta a 15 horas distante de casa…

14 – Você recomendaria às pessoas que morassem em Abu Dhabi, Doha ou Dubai? Qual seria a sua dica preciosa para quem está se mudando para cada uma delas?

Dica Geral: Procure morar em áreas mais centrais, todas as 3 cidades têm muitas opções de áreas novas residenciais bem distantes, que podem ser mais baratas e atrativas, porém, para quem está apenas se mudando, pode se sentir isolado demais.

Em Dubai, morar perto do metrô, por exemplo, ajuda muito. Abu Dhabi é uma cidade muito acolhedora para quem tem filhos. Doha para quem não irá trabalhar e não tem filhos para cuidar, ou seja, com poucas tarefas, pode se tornar um lugar difícil de se adaptar.

15 – Algo a acrescentar?

Queria aqui ressaltar que todas as respostas baseadas nas minhas experiências em cada cidade. Conheço muitos brasileiros que amam, por exemplo, morar em Doha, assim como outros que não conseguem se adaptar com Dubai. A comparação é inevitável, mas não pode se prender a ela. Morar fora do seu país de origem é estar totalmente aberto para conhecer novas culturas, respeitar as leis e crenças e se abrir para diferentes oportunidades e desafios que encontrará pela frente. Esteja aberto para isso.

 ***

Nós gostaríamos de agradecer a Flávia pela disponibilidade em vir aqui contar um pouco mais sobre as experiências dela no Oriente Médio. Se você também tem experiências em uma das 3 cidades, deixe nos comentários como uma maneira de ajudar àqueles que estão pensando em se mudar para cá. Nessas horas, bem sabemos, toda informação de quem já percorreu esse caminho é válida!

confira os posts relacionados

Comente via Facebook

Comente com o WordPress

  • […] publicados no BPM. E se quiser saber a opinião de quem já morou nas duas cidades, pode acompanhar aqui a entrevista que fiz para o meu blog pessoal. Espero que aproveitem as dicas e até a […]

  • Renata Sizart março 28, 2017

    Adorei a entrevista! Ainda não estive em Doha, então não posso opinar. Mas, sendo residente de Abu Dhabi e visitante de Dubai, concordo mesmo com tudo dito sobre as cidades! Abu Dhabi tem um trânsito ótimo (lrvando em consideração que é uma cidade grande e sem metrô!), tem muitíssimas opções de lazer para famílias/crianças, é limpa, segura e muito bonita. Mas Dubai é bem mais movimentada e “viva”. Para a galera da balada, acho que lá é o lugar ideal! Quem quer praia bonita e um pouco mais de sossego, Abu Dhabi é uma excelente opção! E uma é tão perto da outra que dá pra dar uma fugidinha com facilidade 😉