09 de janeiro de 2016

Réveillon 2016 em Abu Dhabi

Eu pensei, repensei, fiquei na dúvida e finalmente decidi compartilhar com vocês como foi o nosso Réveillon 2016 aqui em Abu Dhabi.

Mas já aviso: a minha hesitação em publicar sobre esse assunto é justamente porque não foi nada de mais. Mesmo! Acredite em mim!

Se mesmo assim você quer continuar lendo esse post, então vamos lá:

Em novembro estávamos super empolgados com o Réveillon, porém essa empolgação durou pouco e acabou justamente quando comecei a pesquisar os preços da noite da virada.

Um jantar acompanhado de espumante não era menos que R$ 500,00 por pessoa, mas a média mesmo era uns R$ 700,00. Muitos dos lugares que pesquisei nem incluíam a virada em si e acabavam às 23h (oi?).

Achamos também várias opções de “balada”, que não incluíam o jantar, mas tinham DJ e outras opções de bebidas alcóolicas. O valor? Pouca coisa mais barato que o jantar. A maioria acabava às 2h da madrugada.

Ahhh, vale lembrar que em cima desses valores ainda há a cobrança de 16% de imposto, sendo 10% de taxa de turismo e 6% de serviço.

Tendo isso em mente, desanimamos. Pagar cerca de R$ 1.500,00 (incluindo o táxi) para o casal só para passar uma noite não faz o nosso e$tilo. Se ainda tivéssemos companhia… Mas estávamos sozinhos na cidade.

E foi aí que eu li sobre o Réveillon em Maryah Island! Haveria shows ao vivo (de artistas que eu não conhecia, mas ok), queima de fogos, food trucks e, a melhor parte, era GRATUITO!

No dia, chegamos lá por volta de 21h. As comidas dos “trucks” não nos atraíram muito, então fomos a um restaurante dentro do shopping The Galleria que já conhecíamos e gostamos, o Bateel. Mesmo sem ter feito reserva e o shopping estando lotado (o show era do lado de fora), conseguimos mesa para nós dois. Jantamos e fomos assistir ao show de música árabe que acontecia no palco lá fora.

Nesse meio tempo, não podemos deixar de lembrar que vimos pelo celular a triste notícia do incêndio no hotel em Dubai. Ainda bem que não fomos para lá no dia da virada…

O show estava bem legal, na verdade. A cantora animava a galera local com músicas árabes. Eu não entendia nada, mas gostei mesmo assim! A maioria do público desse Réveillon eram locais, famílias com crianças e idosos.

[wpvideo 7ZTvcltF]

Tivemos contagem regressiva no telão e explosão de fogos na hora da virada. Foi bem bonito! O show de fogos durou aproximadamente 8 minutos e foi sincronizado com música. Ao final dos fogos, TODO mundo resolveu ir embora junto, o que gerou, claro, filas de carros e táxis, mas nada que chegasse a gerar estresse de fato 😉

Outras informações:

  • o show aconteceu no Global Market Square, um espaço amplo e aberto (e o clima ajudando, super fresquinho).
  • foi tudo muuuuito organizado, com seguranças, policiais, placas e até folheto com o mapa do local.
  • para entrar na área do show, tínhamos que passar por um detector de metais e a bolsa passava no raio-x.
  • havia áreas de lounge com telão e distribuição de “neons”.
  • claro, não havia bebida alcóolica.
IMG_6629

Era tão organizado que tinha até estacionamento para carrinho de bebê!

No fim das contas eu gostei do nosso Réveillon e faria tudo de novo (talvez, quem sabe, faça tudo de novo na virada de 2017). É claro que não foi suuuper animado, divertido e delicioso, mas considerando que estávamos longe da família e dos amigos e nada dispostos a gastar uma nota só por uma noite, valeu a pena!

Se eu recomendaria? Sim, principalmente a casais com filhos pequenos ou pessoas que não fazem questão de ter um Réveillon animado e inesquecível. Foi, simplesmente, tranquilo (e de graça!).

confira os posts relacionados

Comente via Facebook

Comente com o WordPress