O Vietnã ainda não é um destino turístico muito comum para os brasileiros. Seja pela distância geográfica, ou pela fama da guerra que ainda permanece (meus avós ficaram apavorados quando contei que estava indo para lá), muitos deixam esse país para o fim da lista de desejos. Hoje, os queridinhos do Sudeste Asiático para os nossos conterrâneos ainda são Tailândia e Camboja, mas isso tem mudado! A prova é que encontramos brasileiros pelo Vietnã e, além disso, cada vez mais blogs de viagem o tem incluído em suas listas de países visitados. Com o tempo, as pessoas vão aprender sobre as belezas desse lugar e vão começar a incluí-lo em seus roteiros, não tenho dúvida.

Enquanto isso, faço a minha parte para divulgar aos meus amigos, familiares e leitores do blog sobre essa viagem tão incrível que fizemos. Daqui do Oriente Médio, a viagem não é tão longa e cara quanto do Brasil, mas nem por isso vocês precisam se sentir desanimados: ir para o Vietnã vale a pena, sim, especialmente quando combinado com outros países da região. Nesse post, passarei algumas dicas aleatórias, mas básicas, para que você programe a sua viagem. Com o tempo, como é de praxe por aqui, vou fazendo outros posts mais detalhados sobre os lugares que visitamos. Caso necessitem de alguma informação/opinião urgente, é só entrar em contato que terei o maior prazer em respondê-los. Vamos lá!

halong bay vietnã

No cruzeiro por Halong Bay. Foto: arquivo pessoal

Quando viajar para o Vietnã?

Volto a repetir: uma viagem para a Ásia não deve ignorar o fator clima. Até dá para aguentar o calor (exceto o daqui do Oriente Médio, que é outro nível), mas chuva eu realmente acho que atrapalha muito o passeio. Por isso, escolhemos viajar para o Vietnã em abril, um dos meses menos chuvoso do ano. Mesmo tendo planejado não pegar chuva, ficamos surpresos de não ter pego NENHUM dia de chuva do começo ao fim da viagem ao Vietnã. Muitas vezes, naquele calor úmido com sensação de 45 ºC, tudo que desejávamos era uma chuva caindo do céu. Mas nada.

Portanto, antes de planejar sua viagem ao Vietnã, avalie bem as estações de lá (inclusive, de cada cidade, pois podem variar muito) e siga feliz e suado por todos os dias. A não ser que você goste DEMAIS de chuva, aí nesse caso faça o oposto e vá nos meses molhados por lá. Só para deixar claro: já ouvi de quem já morou lá que é uma péssima ideia, mas, você que sabe.

Apesar de não ter chovido, o clima era extremamente úmido. Eu acho que nunca suei tanto na vida. Tomávamos de 2 a 3 banhos por dia e várias vezes voltávamos para o hotel no meio do dia (o que nunca acontece) só para tomar banho e trocar de roupa. Não há maquiagem ou escova no cabelo que resista àquela umidade. Quente demais! A vantagem é que você pode usar e abusar das roupas curtas e frescas por lá – não há censura. Ah, tenha sempre um protetor solar na mochila, além de um chapéu na cabeça: o sol estava cruel.

da nang vietna calor

Em Da Nang, detalhe para as costas encharcadas do marido. Foto: arquivo pessoal

Embora tenhamos sentido muito calor em Hanói, nessa época (primavera) pode ser que faça um friozinho, viu? Nós levamos roupas para caso a temperatura fosse baixa. Não precisa nem dizer que voltaram todas intactas, né? De todo jeito, é melhor prevenir, pois os tamanhos das roupas vietnamitas são diferentes do nosso “corpo ocidental”.

Veja mais sobre o clima do Vietnã aqui nesse blog que eu sempre consulto.

Quantos dias ficar no Vietnã?

Não sei com vocês, mas sempre fico na dúvida de quanto tempo é necessário para ver o “essencial” do país que estamos planejando viajar. No caso do Vietnã, o que nos ajudou foram inúmeros blogs de viagem que lemos e estabelecer as cidades que eram essenciais para nós. Dispúnhamos de 14 noites de férias, mas vimos que conseguiríamos ver o principal do Vietnã em 11 noites, daí ficamos 3 noites em Kuala Lumpur. Logo, a “viagem do Vietnã” foi, na verdade, a “viagem da Malásia e do Vietnã”. Mas vamos deixar esse outro país para outra ocasião 😉

Bom, no fim das contas, realmente 11 noites foi um ótimo período para ver o país. Dava para ser mais? Sim. E dava para ser menos? Também. Dava para ficar mais tempo, pois a medida que fomos estudando melhor as cidades (e mesmo quando estávamos lá), descobríamos lugares incríveis que gostaríamos de conhecer, mas que não era possível encaixar – seja pelo tempo ou pela localização. E também digo que dava para ser menos, pois se você não tem esse tempo todo, é possível priorizar o que vai mais do seu gosto, seu estilo. Inclusive, já dei a dica de um roteiro mais compacto para duas colegas e acho que vai ser uma viagem incrível também.

hoi an praia vietnã

Praia em Hoi An, Vietnã. Foto: arquivo pessoal

Dizem que o ideal é rodar o Vietnã em 1 mês inteiro, de moto, seguindo de sul a norte, passando ora pelo litoral, ora pelo interior do país. Vou dizer: se você tem tempo e disposição, faça isso! Já vi alguns blogs (nacionais e gringos) de aventureiros que fizeram essa viagem e não vi nenhum sinal de arrependimento. Durante a nossa viagem não encontramos nenhum motoqueiro viajante, mas vimos famílias que viajavam o país sem muito roteiro pronto, ficando quantos dias desse vontade em cada cidade. Não consigo ainda ser tão “leve” em meus roteiros, mas me pareceu bem interessante. Aproveitem, gente, o Vietnã é um país que inspira esse tipo de viagem mais “faça a seu modo e seja feliz!”

Como chegar ao Vietnã – os voos internacionais

O Vietnã possui aeroportos em várias cidades. Ao todo, conhecemos 4: de Hanói, de Da Nang, de Hue e de Ho Chi Minh City. Chegamos ao país por Hanói e o deixamos por Ho Chi Minh City (vou chamar de HCMC a partir de agora, ok?). Você pode fazer o contrário e chegar por HCMC e ir rumo ao norte. Nossa escolha de começar por Hanói foi por causa dos trechos internacionais, que foram: Abu Dhabi – Kuala Lumpur; Kuala Lumpur – Hanói; HCMC – Abu Dhabi. Comprei a passagem pelo Expedia, pois foi o jeito que encontramos de comprar como um bilhete único, com múltiplos destinos.

O primeiro e o último trechos foram operados pela Etihad Airways; o segundo pela Malaysia Arlines. Todos os trechos foram direto, por isso começamos pelo norte, pois não havia voo direto de Hanói para Abu Dhabi no dia que precisávamos. A franquia de bagagem foi de 23 kg (só foi suficiente porque lavamos ao longo do caminho, mas depois falo sobre isso especificamente).

voo hanoi

Voo chegando a Hanói. Foto: arquivo pessoal

Além dos voos internacionais, que chegam ao país por diversas portas, há também a opção de ir por terra (nunca fiz, mas sei que é um pouco mais complicado) ou por cruzeiros. Minha amiga Rê está “namorando” uma rota de cruzeiro incrível que passa por Halong Bay, Da Nang e HCMC. Achei uma ótima forma de conhecer o país também!

Para quem deseja chegar ao país pelo Brasil, deverá fazer pelo menos 1 escala, geralmente 2, que podem ser aqui no Oriente Médio, Norte da África, Istambul ou Bangkok.

Caso faça escala por aqui, não deixem de aproveitar a oportunidade e conhecer os Emirados Árabes também!

3 dias por aqui já serão super legais e o blog tá cheio de dicas 😉

chapéu vietnã

Chapéu cônico vietnamita. Foto: arquivo pessoal

Visto para o Vietnã

Portadores de passaportes comuns brasileiros precisam de visto para entrar no Vietnã. Como as regras sempre mudam, vou deixar o link da Embaixada do Brasil em Hanói como forma de consulta, já que o site deverá ser mantido atualizado.

Seguro de viagem

Não viaje para o Vietnã sem seguro de viagem! Você precisa de uma cobertura que vai desde a bagagem extraviada a translado de corpo em caso de morte. Ninguém quer pensar em tragédia na hora de planejar uma viagem, mas te garanto que viajar com um seguro é a melhor atitude que você pode tomar antes da sua partida. Intoxicações alimentares e acidentes são comuns em viagens e podem ter custar fortunas, caso você não esteja segurado.

Caso precise de um orçamento, utilize o nosso link abaixo. Temos uma parceria com a Real Seguros, que pode te indicar qual o melhor seguro para você!

Seguro viagem asia 336x280

***

Outros posts do Vietnã aqui.

confira os posts relacionados

Comente via Facebook

Comente com o WordPress

  • […] isso, clima e melhor época para viajar para o Vietnã, já temos um post aqui no blog. Também reuni outras informações importantes, como visto, voos e quanto tempo ficar no país. […]